Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Escalada do gás


Do Diário do Grande ABC

14/06/2021 | 23:59


O valor cobrado pelo botijão de gás de cozinha tem sido tema constante nas páginas deste Diário. Invariavelmente as reportagens publicadas dão conta de aumento nos preços. Desta vez, o texto principal do noticiário de Economia informa que em São Bernardo já se encontra o recipiente com 13 quilos por R$ 100. E que, na média, custa R$ 85,17 na região.


E a tendência é que fique pior, pois a Petrobras acaba de autorizar aumento de 5,9% no preço cobrado pelo produto nas refinarias. E, com toda certeza, esse percentual de elevação chegará ao consumidor final. Pesando ainda mais no orçamento das famílias, principalmente àquelas que ganham menos.


Em abril o jornal mostrou uma moradora do Grande Alvarenga, em São Bernardo, que, sem ter dinheiro para comprar, recorreu a fogareiro improvisado no quintal com gravetos para preparar as refeições dela e dos filhos.


Evidentemente que essa é uma situação extrema e que não deve ser tomada como parâmetro para analisar os efeitos dos sucessivos reajustes. Entretanto, é preciso levar em conta que somente nos primeiros cinco meses deste ano a inflação dos combustíveis domésticos, que incluem o gás, foi de 13,65% e que nos últimos 12 meses atingiu o patamar de 22,17%.


A justificativa da Petrobras para autorizar as elevações é buscar “o equilíbrio com o mercado internacional e acompanhar as variações do valor do produto e da taxa de câmbio”. Ou seja, a desvalorização do real frente ao dólar determina quanto o consumidor vai pagar aos distribuidores.


E não são apenas as pessoas físicas que sentem o efeito desta escalada financeira. Os comerciantes dos ramos de alimentação e de hospedagem também. O problema é que eles não conseguem fazer como a Petrobras e repassar a despesa para os seus clientes. Com isso, acabam somando mais um empecilho na já sofrida rotina dos que querem empreender. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;