Fechar
Publicidade

Domingo, 1 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Reservas saem do banco e garantem vitória da Áustria sobre a Macedônia do Norte



13/06/2021 | 15:30


A alegação que "técnico ganha jogo" ficou evidente na estreia da Áustria na Eurocopa. O jogo diante da novata Macedônia do Norte estava duro, empatado, quando Franco Foda optou por colocar dois atacantes grandalhões para explorar o jogo aéreo. A aposta deu muito certo, os jogadores marcaram e a seleção austríaca fez 3 a 1 na Arena Nacional de Bucareste, na Romênia.

Apenas não imaginava que ambos anotariam com os pés. Investiu no jogo aéreo e ganhou com gols pelo chão. No apito final, o treinador foi bastante festejado e os demais integrantes da comissão comemoraram muito na beirada do campo.

Com três vagas para os quatro melhores terceiros colocados às oitavas, em seis grupos, sair com três pontos é ficar bem na disputa pela classificação. Ciente disso, a Áustria partiu com tudo ao ataque. Esbarrava, porém, na boa marcação.

Quando a Macedônia do Norte começou a se sentir à vontade e começar a rondar a área austríaca, os oponentes, com maior apoio das arquibancadas, abriram o marcador. Ótimo lançamento do astro Sabitzer e gol de Lainer.

O autor do gol exibiu uma camisa em apoio a Eriksen, dinamarquês que teve um mau súbito em campo no sábado e está internado em Copenhague. "Fique firme, Eriksen", trazia a mensagem.

Craque aparecendo de um lado, astro ligado do outro. Após lambança da defesa da Áustria, com chute em companheiro de defesa e bola voltando à própria área, e depois o goleiro saindo errado na dividida, o veterano Pandev, de 37 anos, aproveitou para empatar. O camisa 10 não desperdiçou a bola solta do goleiro e anotou o primeiro gol da Macedônia do Norte na história da Eurocopa.

Depois de surpreender a poderosa Alemanha com vitória nas Eliminatórias Europeias, a Macedônia do Norte voltaria a aprontar? A estratégia era a mesma, se segurar atrás e buscar aproveitar os erros do adversário.

Mas não encontrou muitas brechas na defesa austríaca, apesar de também passar poucos sustos. A estratégia austríaca de ficar jogando bolas à área vinha consagrando os defensores da Macedônia. Até Alaba mostrar porque foi ídolo no Bayern de Munique.

De tanto insistir nos cruzamentos, o camisa 11 Gregoritsch aproveitou bem a bola precisa de Alaba para superar o goleiro Dimitrievski. Restando menos de 15 minutos, Áustria novamente em vantagem. O jovem saiu do banco para aliviar a tensão austríaca.

Com o famoso "eu estou aqui", Arnautovich, outro jogador que saiu do banco de reservas, fechou a conta. Ele aproveitou o contragolpe, passou pelo goleiro e fez o terceiro. Depois de 1 ano e 9 meses, voltou a balançar as redes pela seleção.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;