Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 27 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Sopa de incoerências

Tantos são os assuntos atuais, que realmente fica difícil escolher o que apreciar nesta fria tarde de outono em que tudo leva à nostalgia e à introspecção


Rodolfo de Souza

13/06/2021 | 07:00


Tantos são os assuntos atuais, que realmente fica difícil escolher o que apreciar nesta fria tarde de outono em que tudo leva à nostalgia e à introspecção. Muita gente, aliás, costuma dizer que no Brasil não se morre de tédio, mesmo em tempos nublados. Claro! Todos os dias o noticiário nos enche de emoção, abordando temas, os mais inusitados, envolvendo criminalidade, destruição da grande floresta, peste, política... Esta última, então, é sempre recheada de acontecimentos que nos mantêm eletrizados como se assistíssemos a uma série, sempre de olho no próximo capítulo.

Foi aí que, diante de farto material, ocorreu-me jogar tudo num caldeirão de palavras; quem sabe fazer uma sopa, que muito combinaria, aliás, com o friozinho bom desses dias. E tanto me entusiasmei que logo me passou pela imaginação o caldo fervente a despejar para os céus camadas e camadas de grosso vapor de aroma, eu diria, um tanto inquietante.

Quanto aos ingredientes, teria que selecioná-los antes de colocá-los na vasilha. Todos seguramente indigestos, embora perfeitos para se produzir uma sopa que sirva para nutrir uma parcela da população, que habita os porões do bom senso. Gente que, mesmo se contorcendo de dor pelo teor tóxico da comida ingerida, procuraria sorrir e dizer o quanto se deliciara com ela. Consola-me, no entanto, saber que a gororoba não despertaria o mesmo apetite noutra parte do povo, que possivelmente sentiria náusea só com o cheiro.

Para iniciar o cozimento, começaria colocando na panela a atitude de se rejeitar vacina oferecida, estando o País e o mundo mergulhados numa pandemia de proporções catastróficas. Depois, adicionaria negacionismo mais estímulo à aglomeração sem máscara. E já veria ali o caldo encorpar. Em seguida, colocaria a incitação ao uso indiscriminado de um remédio que não serve para a cura da doença. Logo após, despejaria com casca e tudo o ataque a autoridades que zelam pelo isolamento e pelo distanciamento físico.

Um tanto eufórico, fechei, então, os olhos e pude contemplar a água fervendo e o vapor subindo enquanto eu acrescentava destruição do meio ambiente em momento em que o mundo pede a sua proteção.

Para dar ainda mais sabor, tratei de pôr os temperos produzidos a partir das verbas ceifadas das universidades, que seguem de chapéu na mão. Aliás, não é segredo que a pesquisa, sem um níquel no bolso, torna-se horizonte inalcançável. Com destaque ao prejuízo da formação minguada de cientistas, que deixa a Nação na lanterna do desenvolvimento.

Se o faminto leitor já considera tudo isso suficiente para um bom caldo, não se esqueça de que ainda falta jogar na panela o massacre do setor cultural, elemento que tende a conferir um sabor mais acre à comida.

A economia espoliada, esta promove o desemprego, aumenta a desigualdade social e deixa o povo fragilizado, à mercê da caridade que o céu há de premiar.

Dinheiro público distribuído aos abutres que garantem a manutenção do poder, também é, por que não, elemento indispensável na sopa, para a qual dedico, já no meu devaneio, todo o meu empenho em busca da melhor consistência, do melhor sabor, embora deva admitir que o cheiro não é lá dos mais agradáveis.

Ataques diretos à democracia, aos direitos do cidadão, grosseria, patifaria, mentiras e mais mentiras, articulações, as mais variadas, para se sustentar um poder que mira se eternizar na cadeira... Pronto. Não cabe mais nada na panela. A sopa está pronta. E valha-me Deus a quantidade de ingredientes que ainda sobrou! 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;