Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Políticos lamentam a morte do ex-vice presidente Marco Maciel



12/06/2021 | 10:35


Políticos lamentaram a morte do ex-vice presidente da República Marco Maciel, que morreu neste sábado, 12, em Brasília. O então político tinha 80 anos e era diagnosticado com Alzheimer.

Antes de se tornar pessoa pública, ele atuava como advogado. Maciel foi vice-presidente durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, de 1995 a 2003. Além disso, foi deputado, senador e governador de Pernambuco.

Nas redes sociais, o partido Democratas, no qual Maciel era filiado, disse que a sigla "se despede, já com o coração saudoso", de um de seus fundadores. O presidente nacional do partido, ACM Neto, afirmou que o político foi um dos fundadores e um dos "mais importantes quadros do nosso partido".

Ciro Gomes também foi outro político a lamentar a morte dele, afirmando que foi um "homem decente e de espírito público, que dignificou as melhores tradições pernambucanas na política brasileira".

O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, disse que o Brasil perdeu um grande homem público, enquanto o senador Alvaro Dias (Podemos-PR) afirmou que Maciel foi um ser humano exemplar, cordial, discreto, estudioso, construtivo.

Outro a lamentar a morte do ex-vice-presidente foi o presidente do MDB de Roraima, Romero Jucá, o qual afirmou que "teve a satisfação de conviver com Marco Maciel, sendo que sua inteligência e seu jeito pacato e conciliador fez dele um exemplo para todos nós".

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD-RJ), o senador Fernando Bezerra (MDB), o presidente nacional do MDB, Baleia Rossi, o senador Antonio Anastasia (PSD-MG), o ex-ministro da Educação Mendonça Filho, dentre outros políticos, lamentaram a morte de Maciel, afirmando que o País perdeu um dos maiores "símbolos do diálogo".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;