Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Grande ABC ultrapassa a marca de 1 milhão de doses de vacina contra a Covid

Banco de dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Nas sete cidades, 331.229 pessoas já completaram o esquema vacinal com duas doses do imunizante


Aline Melo
do Diário do Grande ABC

01/06/2021 | 20:23


O Grande ABC ultrapassou na tarde de hoje (1) a marca de 1 milhão de doses de vacinas aplicadas. Juntas, as sete cidades totalizaram 1.003.029 aplicações feitas, o que significa que 671.800 pessoas receberam pelo menos uma dose. Deste total, 331.229 indivíduos já completaram o esquema vacinal, com as duas doses. Atualmente, a região está imunizando pessoas com comorbidades ou que recebem o BPC (Benefício de Prestação Continuada) a partir dos 30 anos, exceto Ribeirão Pires, que ampliou a vacinação para quem tem a partir de 18 anos (entre os que tem comorbidade ou recebem o BPC) e Rio Grande, cuja faixa etária sendo vacinada na cidade, nessas condições, é entre 40 e 45 anos.

Apesar de seguir o PNI (Plano Nacional de Imunização), que determina quais públicos devem tomar a vacina, algumas cidades adotaram organizações e planejamentos específicos e expandiram o acesso aos imunizantes. Exemplos são as cidades de Santo André, que vacina até domingo todos os profissionais da rede municipal de educação, e Ribeirão Pires, que além de vacinar todos os trabalhadores de escolas privadas e públicas da cidade, também está imunizando os profissionais do transporte público coletivo. Em São Bernardo, os profissionais de transporte coletivo que atuam na cidade também já podem se cadastrar pelo site da prefeitura. 

O secretário-executivo do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, Acácio Miranda avaliuou a marca como histórica, apesar de todas as dificuldades que as cidades vêm enfrentando pela baixa oferta de imunizantes. “Comparando com outras regiões, com uma população semelhante, a gente vacinou muito mais pessoas”, pontuou. A região atingiu as 500 mil doses aplicadas em 14 de abril. À época, apenas 5,8% da população tinha tomado as duas doses. Leia a matéria completa na edição de amanhã do Diário e em dgabc.com.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;