Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região tem 4 cidades no topo de ranking de roubo e furto de veículos

Denis Maciel/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Santo André, São Bernardo, Diadema e Mauá estão entre os dez municípios do Estado de São Paulo com maiores números de crimes


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

29/05/2021 | 07:00


O Boletim Econômico Tracker-Fecap, feito com base em dados da SSP (Secretaria da Segurança Pública) do Estado de São Paulo relativos ao primeiro trimestre de 2021, aponta que quatro das sete cidades do Grande ABC estão entre os dez municípios com maior número de furtos e roubos de automóveis, caminhonetes e utilitários (que incluem os SUVs) do Estado.

De acordo com os números, São Paulo registrou 4.946 roubos de janeiro a março deste ano. Deste total, 610 ocorreram em São Bernardo, Santo André, Mauá e Diadema, cidades que ocupam a terceira, quarta, sexta e sétima colocações, respectivamente, entre as dez com mais casos (veja dados nas tabelas abaixo). Em todo o Estado, foi registrada queda de 40,2% na comparação com o mesmo período do ano passado, quando foram reportadas 6.939 ocorrências.

Ainda segundo o boletim, entre janeiro de 2019 e dezembro de 2020, houve queda da criminalidade nesses segmentos, efeito atribuído pelos responsáveis pelo levantamento à pandemia. Os roubos caíram 39,4% (passando de 33 mil para 20 mil) e os furtos, 29,8% (de 67,8 mil para 47,6 mil) em 2020 na comparação com o ano anterior.

Coordenador do estudo e professor do departamento de pesquisas em economia do crime da Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), Erivaldo Costa Vieira avaliou que a diminuição de carros nas ruas reduziu a oferta/oportunidade para a indústria do crime. “A menor circulação reduziu também o número de acidentes, fazendo cair a demanda por peças e acessórios, principal motivador econômico para o roubo de automóveis no Estado que abastece os desmanches”, afirmou. “Soma-se a isso a queda da renda da população e o consequente recuo no número de novos veículos nas vias”, completou.

O docente destaca que o boletim, que já é produzido desde 2016, visa ser uma fonte de informação para a sociedade, uma vez que do ponto de vista estratégico, as autoridades de segurança já detêm os dados e já os utilizam para realizar operações. “Nos dados da cidade de São Paulo é possível verificar as vias com maior incidência de crimes e isso ajuda na tomada de decisão do cidadão”, pontuou.

Quando são analisados os furtos, a região também se destaca negativamente entre as dez cidades com maior número de casos. Dos 13.054 crimes ocorridos no primeiro trimestre de 2021, 1.219 foram em Santo André, Mauá e São Bernardo, que ocupam, respectivamente, a segunda, sexta e sétima colocações no ranking. Assim como com relação aos roubos, os furtos registraram queda em 2021 na comparação com o ano anterior. O recuo foi de 12% frente os 14.623 crimes registrados em 2020.

Coordenador de operações do Grupo Tracker, empresa especializada em rastreamento e localização de veículos, Vitor Correa alertou para o risco de os números crescerem nos próximos meses. “Apesar dos índices, de forma geral, serem menores do que no período anterior à crise sanitária, o comando de operações Tracker alerta que eles continuam altos”, pontuou.

“Os furtos em São Paulo mostram guinada de crescimento, mesmo em meio à pandemia e, apesar de todos os esforços das autoridades, não será surpresa se, passado o período pandêmico, os roubos e furtos de veículos apresentarem grande aumento no número de ocorrências”, concluiu. O boletim completo pode ser acessado no link https://www.fecap.br/pesquisa-iff-depec



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;