Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ramalhão dá adeus ao Troféu do Interior com goleada em Itu

Divulgação/ Miguel Schincariol/ Ituano Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em partida que começou na quarta-feira, Santo André leva 5 a 1 do adversário e se despede da competição; em 20 dias começa a Série D


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

14/05/2021 | 09:07


O Santo André se despediu do Campeonato Paulista de maneira melancólica. Ontem à tarde o Ramalhão voltou ao Estádio Novelli Junior, em Itu, para finalizar o jogo que havia começado na noite da véspera, pelo Troféu do Interior, e fora interrompido aos 22 minutos do primeiro tempo por falta de energia elétrica – naquela altura, o Ituano já vencia por 2 a 0. Porém, quando a bola voltou a rolar, o time do Grande ABC seguiu apagado, levou outros dois gols ainda na etapa inicial, chegou a sofrer o quinto após o intervalo e só descontou em cobrança de pênalti de Ramon: 5 a 1.

Agora o Santo André deverá passar por processo de reformulação visando a Série D do Brasileiro, que começa dia 5 de junho, contra o Bangu-RJ. Do atual elenco devem permanecer poucas peças, entre elas PV, Dioran, Fabrício e Denis Germano, estes dois últimos que foram a campo ontem.

O Santo André regressou ao Novelli Junior com anseios de diminuir o prejuízo. Afinal, Gabriel Taliari marcou dois gols relâmpagos antes de o jogo ser interrompido, na quarta-feira. O técnico Márcio Fernandes, inclusive, abdicou do esquema com três zagueiros e trocou Willian Goiano por Bruno Santos. Mas não deu resultado. Pouco depois de a bola voltar a rolar ontem, aos 24 minutos, Mateus Silva aproveitou cobrança de escanteio e ampliou. Aos 35, Branquinho (ex-Ramalhão) tentou cruzar, a bola pegou efeito e entrou no ângulo: 4 a 0. No intervalo, o atacante Ramon, incrédulo, desabafou. “Viemos com o propósito de fazer pelo menos um gol na primeira etapa para buscar o empate no segundo tempo, mas infelizmente as coisas saíram do controle. Vamos voltar para finalizar com dignidade e, quem sabe, marcar alguns gols”, disse ao SporTV.

Na segunda etapa, porém, quem encontrou as redes mais uma vez foi o Ituano. Aos dez, Tárik lançou Fernandinho, que cortou para o meio e bateu forte; a bola ainda tocou em Fabrício (que substituiu Fernando Henrique no intervalo) e marcou o quinto. O gol de honra do Santo André aconteceu aos 20. Ramon sofreu falta de Mateus Silva dentro da área. O próprio atacante bateu e converteu: 5 a 1. 

“A gente queria continuar na briga pelo título (do Interior). Não foi da maneira que queríamos, bobeamos demais e é uma competição para tirar de lição, tivemos muitas dificuldades”, afirmou após a partida o zagueiro Rodrigo.

Discurso similar teve o goleiro Fernando Henrique, fazendo um apanhado geral sobre a participação ramalhina no Paulistão. “Infelizmente não foi do jeito que a gente queria, tivemos algumas dificuldades, jogamos fora de casa. Temos consciência de que poderíamos ter dado um pouco a mais, tanto atletas quanto diretoria, todo mundo, isso é fato”, admitiu. “Graças a Deus conseguimos manter o Santo André onde tinha que ficar, que era a Primeira Divisão, então isso a gente leva com a gente, é o mais importante. Agradeço de coração. Agora é pensar no ano que vem”, concluiu. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;