Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 14 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Com mais 48 óbitos, região se
aproxima de pior média diária

Celso Luiz/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

De domingo até ontem foram 43 perdas por dia, três a menos do que o recorde da crise


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

13/05/2021 | 22:36


Ao contrário do que acontece em várias regiões do Brasil, as mortes em decorrência da Covid continuam apresentando tendência de alta nesta semana no Grande ABC. Ontem, os boletins epidemiológicos das sete cidades reportaram mais 48 falecimentos, com isso, a média diária desta semana subiu para 43, a maior desde a semana entre os dias 11 e 17 de abril, quando a região teve 46 óbitos por dia, que é o recorde de toda a pandemia.

Em relação aos novos casos de Covid, a tendência é de estabilização no Grande ABC. Foram confirmados ontem mais 601 registros e a média desta semana passou para 553, pouco superior ao da semana passada, com 480 confirmações por dia, mas menor do que as semanas imediatamente anteriores, que tiveram 654 e 698 diagnósticos a cada 24 horas.

Em números absolutos, as sete cidades acumulam desde o início da pandemia 7.315 falecimentos e 184.520 casos, sendo que, destes, 170.201 já estão recuperados.

Depois de bater recorde na semana passada com média de 13.864 vacinas aplicadas por dia, ontem, mais uma vez, as cidades da região aplicaram menos de 10 mil imunizantes em 24 horas. Foram 8.324, sendo 7.891 referentes à primeira dose e 433, à segunda. No total, foram usados 821.704 fármacos, sendo 538.140 referente à primeira dose e 283.564, à segunda.

ESTADO
Com tendência de queda nos óbitos, o Estado de São Paulo registrou 578 mortes entre quarta-feira e ontem, com total de 102.934. Já em relação aos casos positivos, foram adicionados à conta 15.649 registros, com total de 3.053.889 desde o início da pandemia. O número de pacientes recuperados subiu para 2.731.387.

Ontem havia 21.499 pacientes internados no Estado, sendo 9.976 em UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e 11.523 em enfermaria. A taxa de ocupação dos leitos de UTI no Estado é de 78,3% e na Grande São Paulo é de 76,5%.

BRASIL
Balanço de ontem do Ministério da Saúde confirmou mais 2.383 mortes por Covid no País e 74.592 casos, com isso, desde o início da pandemia são 430.417 óbitos e 15.433.989 falecimentos. O total de recuperados é de 13.979.329. Ainda há no Brasil 1.024.243 casos em acompanhamento. O termo é empregado para as pessoas infectadas e com casos ativos de contaminação pelo novo coronavírus. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;