Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O novo Américo Brasiliense. Uma conquista andreense

A principal matéria de O Universitário de dezembro de 1955 foi um grito da Associação dos Universitários em defesa da primeira escola secundária estadual de Santo André e região. Está lá, na coleção da Ausa, mantida pelo advogado e jornalista Admar Mendes de Campos, parceiro da Memória


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

13/05/2021 | 10:50


Em pauta, o Américo Brasiliense, com um histórico de autoria de Sergio Fusari, altamente crítico.

No título: "É de Estarrecer! Em uma avenida chamada Portugal”, com os subtítulos:

- Colégio que funciona não se sabe como.
- Em breve fará dez anos.
- “Veneza” em Santo André.
- Vandalismo e novo colégio.
- A decadência franca por colheita.
- A atual situação do nosso Colégio Estadual visto pelo O Universitário.

A FASE DIFÍCIL 

Sérgio Fusari mostra que o Américo Brasiliense ocupou em seu primeiro ano – entre 1947 e 1948 – espaço no I Grupo Escolar de Santo André, na Rua Senador Flaquer, onde hoje está o Museu Octaviano Gaiarsa. Foi transferido para a Avenida Portugal, onde permanecia em dezembro de 1955, “onde até hoje vive alquebrado e em estado de miséria”.

O Grande ABC de então procurava o ‘Américo’, com alunos de toda a região. Mais de 1.000 alunos num casarão outrora residência, acrescido de dez classes, cada qual com 45 carteiras individuais, velhas. Sujeira. Conservação péssima. Iluminação deficiente. Janelas com vidros quebrados. Três pequenos banheiros, sujos, a ‘Veneza’ da escola.

Professores dão ‘plantões’ de meses ou semanas e depois partem.

A matéria é ilustrada por uma maquete da futura escola, sem que se soubesse onde e quando seria erigida. “Esperemos ansiosamente que nossos homens-chefes, imbuídos de um sentimento de dever, lutem para dar à cidade onde habitam uma escola decente”.

Nota - O Universitário dos anos 50 foi um jornal crítico. Vibravam seus colaboradores, cientes de que era preciso apontar as falhas, em especial nos campo de educação e cultura, para que a cidade acompanhasse a força da industrialização que se expandia.

ARTIGOS E NOTAS 

- Ernesto Luiz Varela: a industrialização em face do intervencionismo estatal.
- Miguel Neil Benvenga: exames vestibulares.
- J. Batista Fernandes: o problema do equilíbrio orçamentário.
- Nelson Zanotti: uma base mitológica da tragédia alemã.
- Thamyris J. de Queiroz: teatro, velha e bela arte.
- O engenheiro: Frederico Kosin Jr.
- Campanha: contra o comércio de diplomas.

Diário há meio século

Quinta-feira, 13 de maio de 1971 – ano 13, edição 1534</CF>

São Bernardo – Lavínia Rudge Ramos de Almeida, viúva do ex-prefeito Lauro Gomes de Almeida, doa área de terreno à FEI (Faculdade de Engenharia Industrial), no bairro Assunção.

A solenidade foi realizada na própria FEI e a área doada mede 151,2 mil metros quadrados.

Anos antes, o casal Lauro Gomes já havia doado a área onde a FEI construiu suas primeiras instalações, transferindo-se de São Paulo para São Bernardo.

Em 13 de maio de...

1921 – Anunciado o lançamento da segunda edição de O Guarda-Livros Moderno, do professor Jean Brando, “para aprender facilmente a escrituração mercantil sem professor”.

1956 – Lançado um long-play com poesias de Guilherme de Almeida, interpretadas por ele próprio.

1986 – No Bruno Daniel: Santo André 0, Corinthians 0; público: quase 16 mil pessoas.

1991 - O jornalista Edélcio Cândido, do Diário, entrevista Mauro Silva, “o Grande ABC na Seleção Brasileira de Futebol”, 23 anos, nascido no distrito de Riacho Grande, em São Bernardo.

Hoje

- Dia da Fraternidade Brasileira
- Dia da Abolição da Escravatura
- Dia do Automóvel
- Dia da Estrada de Rodagem
- Dia do Zootecnista

Santas do dia

- Glicéria. Mártir

- Maria Domingas Mazzarello

- No dia 5 de maio de 1917, o mundo ainda vivia os horrores da Primeira Guerra Mundial, então o papa Bento XV convidou todos os católicos a se unirem em uma corrente de orações para obter a paz mundial com a intercessão da Virgem Maria. Oito dias depois ela respondeu à humanidade através das aparições em Fátima, Portugal. 

- Em 13 de maio de 1917, na cova de Iria, em Portugal, a Virgem Maria apareceu a três pastorzinhos: Lúcia, Francisca e Jacinta. É uma linda história, conhecida, mas que merece ser sempre lembrada. A história de Nossa Senhora de Fátima.

Municípios brasileiros

- Cinquenta municípios aniversariam em 13 de maio.

- No Estado de São Paulo, hoje é o aniversário de Cajobi. Elevado a município em 1926, quando se separa de Olímpia.

- Pelo Brasil, entre outros, hoje é o aniversário de Alto Taquari, no Mato Grosso; Angélica, no Mato Grosso do Sul; Arraial do Cabo, no Rio de Janeiro; Camaragibe, no Pernambuco; Candeal, na Bahia; Cristina, em Minas Gerais; Elesbão Veloso, no Piauí; Jesuítas, no Paraná; Nossa Senhora de Lourdes, em Sergipe; Pancas, no Espírito Santo; Passa e Fica, no Rio Grande do Norte; Redenção, no Pará; Senador Rui Palmeira, em Alagoas; e Treze de Maio, em Santa Catarina.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;