Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Serena perde de argentina em sua 1.000ª partida na carreira; Barty avança em Roma



12/05/2021 | 14:57


De volta ao circuito profissional desde o Aberto da Austrália, em fevereiro, a americana Serena Williams fez nesta quarta-feira a sua 1.000.ª partida na carreira. Mas a tenista de 39 anos e ex-número 1 do mundo não teve muito o que festejar. Em sua estreia no WTA 1000 de Roma, disputado em quadras de saibro na Itália, foi derrotada pela argentina Nadia Podoroska por 2 sets a 0, com as parciais de 7/6 (8/6) e 7/5.

Classificada às oitavas de final após bater Serena em 1 hora e 58 minutos, Podoroska terá agora pela frente a croata Petra Martic, que derrotou a francesa Kristina Mladenovic também por 2 sets a 0, com o placar final de 7/5 e 6/3.

A rodada desta quarta-feira no WTA 1000 de Roma começou com mais uma vitória da australiana Ashleigh Barty, número 1 do mundo, que depois do vice no Masters 1000 de Madri, na Espanha, na semana passada, largou bem no Foro Itálico despachando a casaque Yaroslava Shvedova por 2 sets a 0, com parciais de 6/4 e 6/1. Sua próxima adversária será a russa Veronika Kudermetova, que aplicou um duplo 6/4 na francesa Caroline Garcia.

Campeã de 2019 e vice no ano passado, a checa Karolina Pliskova foi mais uma classificada às oitavas de final. A nona favorita bateu a letã Anastasija Sevastova por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/3, e enfrentará agora a experiente russa Vera Zvonareva, que voltou a brilhar em Roma. Desta vez, ela precisou disputar o qualifying e logo na segunda rodada derrubou nada menos do que a número 10 do mundo, a checa Petra Kvitova, com as parciais de 6/4, 3/6 e 6/4.

Quem não conseguiu ir muito adiante foi a japonesa Naomi Osaka. As duas primeiras campanhas da atual número 2 do mundo sobre o saibro europeu foram decepcionantes. Eliminada na segunda partida de Madri na semana passada, desta vez ela sequer passou da estreia no Foro Itálico. Teve três chances de vencer o primeiro set antes de cair diante da americana Jessica Pegula, 31.ª do ranking, com as parciais de 7/6 (7/2) e 6/2.

Campeã do Aberto da Austrália em fevereiro, esta foi a quarta derrota de Osaka na temporada. Suas campanhas no saibro romano foram fracas. Em quatro tentativas, o melhor desempenho aconteceu em 2019, quando atingiu as quartas de final, mas precisou abandonar devido a uma contusão na mão.

Atual campeã do WTA 1000 de Roma, Simona Halep teve o mesmo destino de Osaka e não teve condições físicas para defender seu título no saibro italiano. A romena, atual número 3 do mundo, estava vencendo a partida contra a alemã Angelique Kerber, ex-líder do ranking e atual 26.ª colocada, por 6/1 e 3/3, mas sentiu uma lesão na panturrilha esquerda e precisou sair de quadra amparada por sua equipe e pela própria adversária. Agora tenta se recuperar a tempo para Roland Garros, que começa no próximo dia 30.

Outras vencedoras na rodada desta quarta-feira em Roma, que passaram às oitavas de final, foram a ucraniana Elina Svitolina (cabeça de chave número 5), a belarussa Aryna Sabalenka (7), a espanhola Garbiñe Muguruza (12), a polonesa Iga Swiatek (15), a americana Coco Gauff, a russa Ekaterina Alexandrova, a letã Jelena Ostapenko e a checa Barbora Krejcikova.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;