Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 20 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Leao espera recuperaçao de jogadores


Do Diário do Grande ABC

04/04/1999 | 15:28


O Santos só volta a jogar no domingo, contra a Portuguesa Santista, e o técnico Leao terá mais dias para a recuperaçao dos jogadores que estao contundidos. O zagueiro Argel é a nova baixa, com entorse no joelho esquerdo, enquanto Claudiomiro, Viola e Caíco estao em recuperaçao. O treinador irá também administrar uma crise, causada pelo pedido de dispensa do atacante Alessandro, que retornou sexta-feira da excursao da Seleçao Brasileira à Asia e pediu para nao jogar.

Leao contava com o jogador para o jogo de Sábado contra a Internacional de Limeira e acabou escalando Aristizabal no lugar de Alessandro, promovendo o retorno do colombiano ao time principal, depois de oito meses afastado por cirurgia no joelho. O treinador foi lacônico: "temos que falar sobre o jogo e esquecer aquilo que nao entrou em campo".

Quanto a Aristizabal, Leao gostou de sua atuaçao: "ele teve bola performance e tem uma capacidade de toque de bola muito grande". Nao garantiu, porém, sua permanência no time principal. "Temos que ir aos poucos", disse o treinador, preocupado em nao forçar o retorno do jogador.

Para o jogo contra a Portuguesa, Leao terá Alessandro, Rodrigao, Aristizabal e Lúcio para armar o ataque. Há ainda a possibilidade de Viola se recuperar, mas sua vaga tem sido preenchida com sucesso pelo novato Rodrigao, uma das chamadas prata da casa, que tem marcado gols em todas as partidas que disputa.

O maior problema será na defesa, já que Argel dificilmente terá condiçoes de jogo. Ele sofreu uma entorse no joelho esquerdo e passará hoje por nova avaliaçao. No exame feito logo depois do jogo, o médico Antônio Carlos Taira constatou que a lesao foi pequena, mas nao tem uma previsao de quando o jogador estará recuperado.

Reabilitaçao - A goleada por 6 a 2 sobre a Internacional de Limeira serviu para reabilitar a equipe do vexame de quarta-feira, quando o Santos foi desclassificado pelo Goiás em plena Vila Belmiro. Jorginho, o destaque do jogo e líder do time disse que "era preciso mostrar que erramos, que nao jogamos aquilo que podemos contra o Goiás e provamos que o normal do Santos é esse futebol de sábado". O atleta acha que o tropeço de quarta-feira "deve ficar marcado em todos e que, a cada jogo do Paulista, o que fizemos seja lembrado para nao mais se repetir".

Depois da boa partida e dois gols marcados, Jorginho foi saudado pelos torcedores com o coro: "o vovô é um terror". Ele, que completou 34 anos mês passado, encarou com bom humor a homenagem: "ainda bem que tenho condiçoes e fôlego para jogar, senao eu parava e ia lá para o lado deles", comentou. Para ele, "terror é o Viola". E, humilde, explicou: "sou simplesmente um atleta que procura fazer o melhor para o Santos e que nao quer ser ídolo, nem melhor que ninguém".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Leao espera recuperaçao de jogadores

Do Diário do Grande ABC

04/04/1999 | 15:28


O Santos só volta a jogar no domingo, contra a Portuguesa Santista, e o técnico Leao terá mais dias para a recuperaçao dos jogadores que estao contundidos. O zagueiro Argel é a nova baixa, com entorse no joelho esquerdo, enquanto Claudiomiro, Viola e Caíco estao em recuperaçao. O treinador irá também administrar uma crise, causada pelo pedido de dispensa do atacante Alessandro, que retornou sexta-feira da excursao da Seleçao Brasileira à Asia e pediu para nao jogar.

Leao contava com o jogador para o jogo de Sábado contra a Internacional de Limeira e acabou escalando Aristizabal no lugar de Alessandro, promovendo o retorno do colombiano ao time principal, depois de oito meses afastado por cirurgia no joelho. O treinador foi lacônico: "temos que falar sobre o jogo e esquecer aquilo que nao entrou em campo".

Quanto a Aristizabal, Leao gostou de sua atuaçao: "ele teve bola performance e tem uma capacidade de toque de bola muito grande". Nao garantiu, porém, sua permanência no time principal. "Temos que ir aos poucos", disse o treinador, preocupado em nao forçar o retorno do jogador.

Para o jogo contra a Portuguesa, Leao terá Alessandro, Rodrigao, Aristizabal e Lúcio para armar o ataque. Há ainda a possibilidade de Viola se recuperar, mas sua vaga tem sido preenchida com sucesso pelo novato Rodrigao, uma das chamadas prata da casa, que tem marcado gols em todas as partidas que disputa.

O maior problema será na defesa, já que Argel dificilmente terá condiçoes de jogo. Ele sofreu uma entorse no joelho esquerdo e passará hoje por nova avaliaçao. No exame feito logo depois do jogo, o médico Antônio Carlos Taira constatou que a lesao foi pequena, mas nao tem uma previsao de quando o jogador estará recuperado.

Reabilitaçao - A goleada por 6 a 2 sobre a Internacional de Limeira serviu para reabilitar a equipe do vexame de quarta-feira, quando o Santos foi desclassificado pelo Goiás em plena Vila Belmiro. Jorginho, o destaque do jogo e líder do time disse que "era preciso mostrar que erramos, que nao jogamos aquilo que podemos contra o Goiás e provamos que o normal do Santos é esse futebol de sábado". O atleta acha que o tropeço de quarta-feira "deve ficar marcado em todos e que, a cada jogo do Paulista, o que fizemos seja lembrado para nao mais se repetir".

Depois da boa partida e dois gols marcados, Jorginho foi saudado pelos torcedores com o coro: "o vovô é um terror". Ele, que completou 34 anos mês passado, encarou com bom humor a homenagem: "ainda bem que tenho condiçoes e fôlego para jogar, senao eu parava e ia lá para o lado deles", comentou. Para ele, "terror é o Viola". E, humilde, explicou: "sou simplesmente um atleta que procura fazer o melhor para o Santos e que nao quer ser ídolo, nem melhor que ninguém".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;