Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

INSS anuncia transferência de agência em Diadema

Celso Luiz/ DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Paço analisa imóveis para abrigar equipamento, que está fechado desde 2020 devido à pandemia


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

11/05/2021 | 00:40


O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) anunciou ontem a transferência da agência de Diadema, localizada na Avenida Antônio Piranga, no Centro. A retirada das mobílias causou susto ontem na classe política da cidade, que temia perda permanente do equipamento.

Ao Diário, o INSS informou que o posto de Diadema já está fechado desde março do ano passado devido à pandemia de Covid-19, mas assegurou que a cidade terá sua agência de volta assim que o governo do prefeito José de Filippi Júnior (PT) encontrar “novo local para reinstalação da unidade”.

“Antes da pandemia, a unidade estava funcionando em um prédio cedido pela Prefeitura desde 2008. Entretanto, esse imóvel se tornou inadequado para acomodar uma agência do INSS e oferecer um bom ambiente de atendimento aos cidadãos face a problemas estruturais, com climatização, acessibilidade e novas exigências para combate ao coronavírus. Esclarecemos que a superintendência do INSS em São Paulo já está em tratativas com o prefeito Filippi para definição de novo local para reinstalação da unidade. Dois imóveis em Diadema estão sendo avaliados pelos técnicos do INSS e da Prefeitura para verificar se são adequados para abrigar uma unidade de atendimento”, informou o instituto.

Chefe de Gabinete do Paço, Dheison Renan (PT) explicou que os prédios em estudo também estão localizados no Centro. “A gente espera que até o fim deste semestre, ao longo deste mês e o mês que vem, a gente consiga anunciar o novo local da agência do INSS para o posto voltar a funcionar o quanto antes – possivelmente no segundo semestre”, estimou o secretário.

A possibilidade de saída do INSS foi trazida pelo vereador oposicionista Eduardo Minas (Pros), que gravou vídeo no momento em que o prédio era desocupado.

Entre fevereiro e março, o município foi pego de surpresa com o anúncio do fechamento do posto do IML (Instituto Médico-Legal) da cidade. O governo do Estado, porém, recuou depois de pressão do Paço.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;