Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Paulo Gustavo não tinha nenhuma comorbidade, diz equipe médica do ator

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/05/2021 | 10:10


Parte da equipe médica que cuidou de Paulo Gustavo, morto na última terça-feira, dia 4, em decorrência das complicações da Covid-19, disse ao Fantástico, do domingo, dia 9, que o ator não tinha nenhuma comorbidade e era saudável.

Fabio Miranda, chefe da terapia intensiva do hospital Copa Star, no Rio de Janeiro, onde o ator permaneceu 53 dias internado, afirmou que ele não fazia parte do grupo de risco para o novo coronavírus.

- Não. Não tinha nenhuma doença, disse.

Os médicos ainda desmentiram as especulações de que um quadro de asma crônica teria interferido no caso. A asma de Paulo estava controlada há muitos anos, era leve e não teve nenhuma relação com o quadro de Covid-19.

Segundo a reportagem do Fantástico, o ator fez três tomografias quando soube do diagnóstico e, na terceira, uma semana depois dos primeiros sintomas, já tinha 75% dos pulmões afetados. Ele foi intubado no oitavo dia de internação, quando os médicos notaram nos exames que praticamente total a função pulmonar estava comprometida.

- A principal mensagem que a gente tira num quadro que nem o dele é a agressividade da doença, diz Rafael Pottes.

Fabio Miranda ainda afirmou que as complicações em decorrência da doença afetaram outros órgãos:

- Cérebro e coração foram os órgãos imediatamente atingidos por essa quantidade de ar. Não tem como corrigir isso, disse o médico, citando o quadro de pneumomediastino, nome que se dá quando o ar do pulmão vaza para o espaço onde fica o coração.

Susana Garcia, melhor amiga de Paulo e médica, também comentou sobre as condições de tratamento que ele recebeu:

- As pessoas ficam na internet inventando doença para ele. Ele era completamente saudável. Ele teve o melhor tratamento, foi feito tudo que foi possível por ele. E ele morreu.

Paulo tinha 42 anos de idade e morreu no dia 4 de maio após permanecer 53 dias internado.

Além dos depoimentos dos médicos, o Fantástico também conversou com a família e os amigos do ator.

Tatá Werneck, por exemplo, apareceu chorando para relembrar o amigo:

- Era a pessoa mais engraçada que eu já vi em qualquer lugar.

Fábio Porchat, amigo há mais de 20 anos de Paulo, falou sobre o início da carreira deles:

- A turma era eu, Marcus Majella e Paulo Gustavo, olha que coisa divertida. E a gente ia para a minha casa no Rio e ficava ensaiando e fazendo palhaçada.

Ingrid Guimarães, Preta Gil, Mônica Martelli, Samantha Schmutz também se emocionaram ao lembrarem a convivência com o ator.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;