Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Piscinão e Consórcio


Do Diário do Grande ABC

06/05/2021 | 23:59


O anúncio feito ontem pelo governador João Doria (PSDB), sobre o início das obras do Piscinão Jaboticabal até o próximo mês, ilustra a importância do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC. Não fosse a existência do colegiado de prefeitos, e as suas constantes cobranças sobre prazos, muito provavelmente este indispensável instrumento de combate às enchentes em São Bernardo, São Caetano e Capital seguiria no papel por muito tempo. É por isto que este Diário defende, de maneira peremptória, independentemente de quem esteja ocupando a cadeira de presidente, a unidade e a manutenção da entidade.

É evidente que houve outras importantes e bem-vindas frentes de cobrança para a construção de obra tão aguardada, como os deputados estaduais com domicílio eleitoral em uma das sete cidades, mas a participação do Consórcio foi fundamental. Tanto que foi à instituição que o secretário de Estado de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Rodrigo Penido, comunicou oficialmente, ainda em 13 de abril, o início dos trabalhos.

Duas empresas consorciadas, a Passarelli e a Planova, ganharam a licitação para construir o reservatório com capacidade de armazenar 910 mil metros cúbicos na tríplice fronteira entre São Bernardo, São Caetano e a Capital. Serão investidos R$ 131,9 milhões na obra, além de R$ 106 milhões destinados às desapropriações. Assim que o piscinão estiver concluído, em setembro do próximo ano, se tudo correr de acordo com o cronograma original, o Grande ABC vai ver consumado projeto que pleiteia há duas décadas.

Aguarda-se, agora, que os departamentos de execução do Estado cumpram o compromisso assumido publicamente pelo governador. Com prazo de construção de 18 meses, o Piscinão Jaboticabal só vai estar funcionando na temporada de chuvas do verão que se inicia em dezembro de 2022 – até lá, será preciso contar com a sorte e, para aqueles que acreditam, com as bênçãos de São Pedro – o santo que, segundo a tradição católica, é responsável por regular o fluxo das comportas celestes. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;