Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

United e Villarreal eliminam Roma e Arsenal e farão a final da Liga Europa



06/05/2021 | 18:05


o Manchester United foi derrotado por 3 a 2 pela Roma nesta quinta-feira, mas, como havia aplicado uma goleada impiedosa de 6 a 2 na primeira partida, na Inglaterra, confirmou a vaga à final da Liga Europa. O time inglês enfrenta na decisão o Villarreal, que segurou o empate sem gols com o Arsenal em Londres depois de vencer o jogo de ida na Espanha por 2 a 1.

A grande final será disputada em jogo único no próximo dia 26 em Gdansk, na Polônia. Campeão na temporada 2016/2017, o Manchester United busca seu segundo título da Liga Europa. Já o Villarreal persegue a sua primeira conquista do segundo torneio de clubes mais importante do Velho Continente.

Com a vaga garantida na final ao eliminar o Arsenal, o time espanhol impede quarteto inglês de dominar a temporada europeia, já que, além da presença do United na decisão da Liga Europa, Manchester City e Chelsea decidirão o título da Liga dos Campeões.

O Manchester United ficou com a vaga graças à goleada aplicada por 6 a 2 no duelo de ida na Inglaterra. O time inglês saiu na frente nesta quinta, mas, com a larga vantagem, houve um relaxamento natural no segundo tempo e foi dominado pela Roma, que virou o placar em quatro minutos e depois criou ao menos mais três oportunidades para ampliar.

No Estádio Olímpico, Cavani foi às redes na etapa inicial, na qual os ingleses fizeram uma boa apresentação. O atacante uruguaio recebeu passe do brasileiro Fred, avançou livre e finalizou forte na entrada da área para inaugurar o marcador.

Na volta do intervalo, a Roma, que desperdiçara boas chances nos primeiros 45 minutos, colocou o pé na forma e marcou duas vezes em um intervalo de quatro minutos, com Dzeko, aos 11, de cabeça, e Cristante, aos 15, em bonito arremate na entrada da área. Nos minutos seguintes, a equipe italiana ficou perto de conseguir uma feito improvável ao perder duas oportunidades claras, ambas defendidas por De Gea.

Depois de ver seu goleiro brilhar e assegurar a tranquilidade em um momento de apagão, o United se reequilibrou, foi ao ataque e empatou o jogo. Inspirado, Cavani, mais uma vez balançou as redes. Ele recebeu passe na medida de Bruno Fernandes, se desvencilhou da marcação e apareceu livre para cabecear para o gol.

No fim, a Roma voltou a ficar à frente no placar ao anotar o terceiro com o jovem Zalewski, que pegou de primeira após linda jogada de Santon pela esquerda. O time italiano não conseguiu a classificação, mas ao menos saiu de campo com o triunfo, mostrou valentia e deixou uma boa impressão para o técnico português José Mourinho, que assume a equipe na próxima temporada.

Se sobraram gols na Itália no confronto de semifinal com maior número de bolas na rede da história da Liga Europa (13 tentos no agregado), no Emirates Stadium, em Londres, Arsenal e Villarreal não mexeram no placar. O time espanhol, com isso, avançou à final da competição pela primeira vez em sua história.

Os ingleses pressionaram muito, mandaram duas bolas na trave, ambas com Aubameyang, quase marcaram em uma falha do goleiro Rulli, que se recuperou a tempo de evitar o frango, mas não conseguiram vencer o bloqueio defensivos dos espanhóis e foram eliminados em casa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;