Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 3 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Uma a cada seis pessoas da região recebeu vacina contra a Covid

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cidades registraram ontem segundo dia com mais doses do imunizante aplicado


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

05/05/2021 | 09:03


Um a cada seis moradores do Grande ABC já recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e um a cada 11 está com o esquema vacinal completo. É isso que mostra os boletins enviados ontem pelas prefeituras. No total, as sete cidades aplicaram, juntas, 736.075 imunizantes, sendo 476.855 referentes à primeira dose e 259.220, à segunda. Com isso, 17% dos 2,8 milhões de habitantes da região já receberam pelo menos a primeira proteção e 9,2% estão com o esquema vacinal completo.

Com o início da aplicação da segunda dose da vacina nos profissionais da educação (leia mais abaixo), o Grande ABC registrou ontem o segundo dia com mais doses do imunizante injetado desde o início da campanha, em 19 de janeiro. Foram 19.115 fármacos disponibilizados pelas sete cidades, sendo 13.464 referentes à primeira dose e 5.651, à segunda. O dia com o maior número de aplicações até agora é 20 de abril, com 19.205 imunizantes.

De acordo com o diretor da SBIm (Sociedade Brasileira de Imunizações) Renato Kfouri, o ritmo da vacinação na região é considerado satisfatório tendo em vista que no País a cobertura da primeira dose é de 15,5% e da segunda, 7,9%. “O Grande ABC é sempre pujante em relação à saúde e tem vacinado com números um pouco acima da média nacional, mostrando que o sistema de saúde funciona, como deve ser em todas as regiões do País”, comentou o especialista.

O diretor da SBIm destacou o fato de muitos brasileiros não terem retornado para tomar a segunda dose dos imunizantes e explicou que isso pode comprometer a campanha. No Grande ABC a taxa corresponde a 1% das pessoas que já foram vacinadas com a primeira dose, ou seja, aproximadamente 5.000 moradores.

“À medida em que avançamos na vacinação, nós conseguimos reduzir, especialmente nas populações mais vulneráveis, casos graves e hospitalizações. Os que não voltaram para tomar o reforço podem colocar em risco todo sucesso do programa. É muito importante seguir o calendário da vacinação e, caso tenha havido um atraso ou esquecimento, mesmo assim a pessoa deve receber a vacina no menor tempo possível”, finalizou o especialista.

São Caetano continua liderando com folga o Vacinômetro (veja na página 3) do Grande ABC, com 28,2% da população já vacinada com a primeira dose e 17,6%, com a segunda. Santo André aparece na segunda posição do ranking, com 21,7% e 11%, respectivamente. A situação mais complicada é observada em Rio Grande da Serra, onde apenas 10,1% dos moradores receberam a primeira dose e 5,6% estão com o esquema vacinal completo.

(Colaborou Bia Moço)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;