Fechar
Publicidade

Domingo, 25 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Cidades que adiaram segunda dose da educação recebem novas vacinas

Lisa Ferdinando/Fotos Públicas Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande vão completar o esquema vacinal dos trabalhadores a partir de amanhã (4)


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

03/05/2021 | 15:04


As cidades que precisaram adiar a aplicação da segunda dose da vacina contra a Covid-19 dos profissionais de educação realizam à partir de amanhã (4) a conclusão do esquema vacinal dos trabalhadores. Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra, que inicialmente aplicaram hoje as vacinas, precisaram adiar por conta do atraso na entrega dos imunizantes. O Diário mostrou na sexta-feira (30) que a Diretoria de Ensino da região de Mauá, que responde pelas três cidades, avisou aos profissionais sobre o adiamento.

Em Mauá, os trabalhadores que já tomaram a primeira dose na cidade devem se dirigir amanhã a uma das três escolas estaduais que estão sendo utilizadas como postos de vacinação. O grupo inclui professores, coordenadores pedagógicos, cuidadores, merendeiras, auxiliares de serviços gerais, faxineiras, secretários de escolas, diretores e vice-diretores.

A imunização terá horários diferentes para cada faixa etária: das 9h às 10h (55 anos e mais), das 10h às 12h (50 a 54 anos) e das 13h às 16h (47 a 50 anos). No local da vacinação, o profissional deverá apresentar CPF e comprovantes de residência e da primeira dose. São pontos de vacina a E.E. João Paulo II (Rua Barnabé Costa, 57 – Jardim Campo Verde), a E.E. Dona Marcelina Maria da Silva Oliveira (Rua Armando Bagnara, 75 – Jardim Zaíra) e a E.E. Professora Therezinha Sartori (Rua Vitorino Dell''''''''Antonia, 154 – Vila Noêmia).

Em Ribeirão Pires, a segunda dose será aplicada na quarta-feira (5), na Escola Municipal Engenheiro Carlos Rohm I (Rua 1º de Maio, 170). Das 8h às 12h, os profissionais acima dos 55 anos serão imunizados. Das 12h às 16h, será a vez da faixa etária entre 55 anos e 47 anos. Não haverá outra data para imunização.

A Secretaria de Saúde reforça que os horários devem ser obrigatoriamente cumpridos pelos profissionais, com o objetivo de evitar aglomerações e confusões durante o processo de vacinação. Para receber a vacina deve ser apresentada a carteirinha (que contém a data da primeira dose), além do CPF. A pasta destacou que segue cobrando a liberação do sistema estadual “Vacina Já” e aguarda o envio do QR Code para que seja liberada a imunização de quem ainda não tomou a primeira dose.

Já em Rio Grande da Serra, a aplicação da segunda dose ocorre entre quarta e sexta-feira, dias 5, 6 e 7 , no Complexo Educacional 1ª Dama Zulmira (Rua José Maria Figueiredo, 491, Centro). No dia 5 serão vacinados profissionais com 55 anos e mais; dia 6 é a vez dos trabalhadores de 50 a 54 anos; e por fim, dia 7, serão vacinados quem tem entre 47 e 50 anos. O horário de atendimento será das 9h30 às 11h30 e das 13h às 15h30. É preciso levar documento com foto, CPF, comprovante de endereço e da primeira dose.

Outros municípios

No fim da tarde de hoje, a Prefeitura de São Bernardo informou que também começa a aplicar amanhã a segunda dose da vacina contra a Covid-19 nos profissionais da educação. A vacinação vai ocorrer no Ginásio Poliesportivo Adib Moysés Dib, mediante cadastro no site Vacina Já Educação e agendamento no site da prefeitura. O ginásio fica na  Avenida Kennedy, 1.115, Parque Anchieta, e o atendimento será das 8h às 12h e das 13h às 17h.

Santo André, São Caetano e Diadema confimaram que já receberam as doses destinadas a completar o esquema vacinal dos trabalhadores da educação. Santo André abre nos próximos dias o agendamento para a categoria. Em São Caetano, as segundas doses começam a ser aplicadas nos dias 10 e 11 de maio. Em Diadema, a segunda dose para os profissionais da educação está prevista para 7 de maio.

Solidariedade

Em São Bernardo e em Rio Grande da Serra, as pessoas que forem se vacinar podem levar alimentos não perecíveis que estão sendo arrecadados e distribuídos para famílias em situação de vulnerabilidade e insegurança alimentar.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;