Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 25 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Água Santa corre duas vezes atrás do empate contra o Juventus


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

27/04/2021 | 00:46


O Água Santa teve muita dificuldade para manter sua invencibilidade no Campeonato Paulista da Série A-2, mas conseguiu. Ontem à noite, em visita ao Juventus, no Estádio José Liberatti, em Osasco, o Netuno teve de correr por duas vezes atrás do empate, alcançando os 2 a 2 no fim do segundo tempo. Os dois gols da equipe de Diadema foram em cobranças de bola parada: pênalti convertido por Lelê e falta perfeita batida por Dada.

O resultado levou os diademenses aos 20 pontos, ainda na vice-liderança, dois pontos atrás do Oeste. Já o Moleque Travesso chegou aos dez, na nona colocação.

O Juventus abriu o placar aos 26 minutos do primeiro tempo. Após falta cobrada pelo lado esquerdo da área, Oliveira fez defesa parcial e bate-rebate, a bola sobrou para Neilson estufar as redes: 1 a 0. O Água Santa, no entanto, não se abateu e correu atrás do resultado. Foi assim que, praticamente em seguida, aos 29, Helder sofreu pênalti. Lelê cobrou, André Dias ainda tocou na bola, que acabou entrando.

Ainda na primeira etapa o Moleque Travesso ficou novamente à frente no marcador. Aos 36, após falta cobrada rapidamente, Alvinho serviu Denis, que cruzou para Lucas Ybom na entrada da área; ele ajeitou e mandou no canto.

O Netuno passou toda a segunda etapa em busca da igualdade. Teve a missão complicada quando Renato Júnior foi expulso. Porém, aos 44, Dada cobrou falta na medida e decretou o empate. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;