Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Frente Social de Sto.André abre inscrições para 1.000 vagas de emprego

Alex Cavanha/Prefeitura de Santo André Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Além do salário mínimo e de benefícios, selecionados recebem curso de qualificação profissional; candidatura pode ser feita até 16 de maio


Do Diário do Grande ABC

26/04/2021 | 18:24


A Prefeitura de Santo André abriu 1.000 vagas para o programa de zeladoria Frente Social de Trabalho. As inscrições estão abertas até 16 de maio e devem ser feitas pelo site psa.santoandre.br/frentesocial. Serão contemplados 500 mulheres e 500 homens, sendo que 50 postos são destinados a pessoas com deficiência. A seleção é feita a aprtir de critérios socioeconômicos.

"Neste momento difícil e desafiador que estamos vivendo há mais de um ano, não estamos medindo esforços para ajudar a nossa gente e manter o pão na mesa de cada andreense. É de grande importância que todos tenham oportunidade, ainda mais nos ajudando a cuidar da cidade com a zeladoria e manutenção. Quando o cidadão está trabalhando, a família está melhor, a cidade anda melhor e podemos ver a melhora geral", comentou o prefeito Paulo Serra (PSDB).

O objetivo do programa é beneficiar trabalhadores andreenses desempregados, que estão em situação de vulnerabilidade ou risco social, proporcionando ocupação, noções elementares de cidadania, qualificação profissional básica e renda, visando assim a preparação para reinserção no mercado de trabalho, sobretudo neste momento de crise com a pandemia de Covid-19.

O participante do programa recebe um auxílio pecuniário no valor de um salário mínimo (R$ 1.100), transporte integral, refeições, cesta básica mensal em dinheiro, 120 horas de cursos de capacitação, além de seguro contra acidentes. Os trabalhadores que se destacarem serão indicados para vagas abertas no CPTER (Centro Público de Trabalho, Emprego e Renda). O contrato tem validade de 12 meses e pode ser prorrogado.

Para participar, a pessoa deve ter idade igual ou superior a 18 anos, estar desempregado há mais de seis meses e não estar recebendo seguro-desemprego ou qualquer outro benefício pago pelo Regime Geral da Previdência Social. Além disso, deve residir em Santo André há pelo menos dois anos, pertencer a família de baixa renda com rendimento bruto mensal per capta igual ou inferior a 50% do salário mínimo nacional vigente, somando-se os rendimentos brutos dos membros da família, oriundos do trabalho e/ou outras fontes de qualquer natureza e estar em gozo dos seus direitos civis, políticos e eleitorais. 

O candidato que necessitar de acesso à internet para se inscrever poderá utilizar o sinal de wi-fi fornecido gratuitamente pela Prefeitura de Santo André nos parques
municipais, bem como nas imediações da Creche Professora Sandra Cristina da Silva (Jardim Alzira Franco), na CPFP Valdemar Mattei (SIlveira), na CPFP Governador Miguel Arraes (Jardim Cristiane), na Emeief Chico Mendes (Recreio da Borda do Campo), na Emeief Professor João de Barros Pinto (Vila Metalúrgica), na Creche Francisca Zuk (Jardim Santo André) e na Emeief Paranapiacaba.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;