Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com três brasileiros, Fifa divulga lista de árbitros para os Jogos Olímpicos

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


23/04/2021 | 11:58


A Fifa oficializou nesta sexta-feira, após escolha de sua Comissão de Arbitragem, a lista de todos os árbitros escalados para atuarem nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, previstos para começarem em julho. O nome de Edina Alves foi o único do Brasil entre os 25 juízes de campo escolhidos. Além dela, a arbitragem brasileira será representada por Neuza Back (como árbitra assistente) e Wagner Reway (como VAR).

O Comitê de Arbitragem da Fifa divulgou o nome dos 99 árbitros (25 de campo, 50 assistentes, 20 árbitros de vídeo e quatro de apoio), de 51 países, que vão trabalhar na Olimpíada. O trio brasileiro poderá estar presente tanto nos jogos masculinos quanto femininos.

"A preparação dos árbitros nomeados para essas importantes competições será monitorada regularmente e de perto antes e durante os Jogos Olímpicos por uma equipe de treinadores técnicos, incluindo árbitros da Fifa e instrutores de árbitros assistentes de vídeo (VAR), preparadores físicos, fisioterapeutas e cientistas do esporte, fornecer aos árbitros, árbitros assistentes e árbitros assistentes de vídeo a melhor preparação e apoio possíveis", comunicou a entidade.

O torneio feminino começa em 21 de julho, dois dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, com Grã-Bretanha x Chile, no estádio Sapporo Dome, na cidade de Sapporo, e termina na disputa do título em 6 de agosto no estádio Olímpico de Tóquio.

A competição masculina começa no dia 22 de julho com Egito x Espanha, também no Sapporo Dome, e o jogo da medalha de ouro será em 7 de agosto no estádio Internacional de Yokohama, que foi palco da final da Copa do Mundo de 2002.

A Fifa vai usar, pela primeira vez em uma Olimpíada, o VAR. Essa tecnologia, usada pela primeira vez em 2017, analisa as decisões tomadas pelo árbitro principal com a utilização de imagens de vídeo e de uns auscultadores para a comunicação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com três brasileiros, Fifa divulga lista de árbitros para os Jogos Olímpicos


23/04/2021 | 11:58


A Fifa oficializou nesta sexta-feira, após escolha de sua Comissão de Arbitragem, a lista de todos os árbitros escalados para atuarem nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, previstos para começarem em julho. O nome de Edina Alves foi o único do Brasil entre os 25 juízes de campo escolhidos. Além dela, a arbitragem brasileira será representada por Neuza Back (como árbitra assistente) e Wagner Reway (como VAR).

O Comitê de Arbitragem da Fifa divulgou o nome dos 99 árbitros (25 de campo, 50 assistentes, 20 árbitros de vídeo e quatro de apoio), de 51 países, que vão trabalhar na Olimpíada. O trio brasileiro poderá estar presente tanto nos jogos masculinos quanto femininos.

"A preparação dos árbitros nomeados para essas importantes competições será monitorada regularmente e de perto antes e durante os Jogos Olímpicos por uma equipe de treinadores técnicos, incluindo árbitros da Fifa e instrutores de árbitros assistentes de vídeo (VAR), preparadores físicos, fisioterapeutas e cientistas do esporte, fornecer aos árbitros, árbitros assistentes e árbitros assistentes de vídeo a melhor preparação e apoio possíveis", comunicou a entidade.

O torneio feminino começa em 21 de julho, dois dias antes da cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos, com Grã-Bretanha x Chile, no estádio Sapporo Dome, na cidade de Sapporo, e termina na disputa do título em 6 de agosto no estádio Olímpico de Tóquio.

A competição masculina começa no dia 22 de julho com Egito x Espanha, também no Sapporo Dome, e o jogo da medalha de ouro será em 7 de agosto no estádio Internacional de Yokohama, que foi palco da final da Copa do Mundo de 2002.

A Fifa vai usar, pela primeira vez em uma Olimpíada, o VAR. Essa tecnologia, usada pela primeira vez em 2017, analisa as decisões tomadas pelo árbitro principal com a utilização de imagens de vídeo e de uns auscultadores para a comunicação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;