Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Biden: criaremos milhões de empregos bem remunerados em vários setores produtivos



23/04/2021 | 11:20


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que o Climate Summit (Cúpula do Clima) é o começo "para tornar reais nossos objetivos" para combater mudanças climáticas. Ele ressaltou que a adoção de projetos para renovar as fontes de energia vai criar milhões de empregos bem remunerados, em vários setores produtivos. "Durante a transição energética temos de assegurar que todos tenham oportunidade", destacou. "Precisamos acelerar o desenvolvimento de tecnologias para viabilizar metas ambientais."

Redução de carbono

A secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, afirmou nesta sexta-feira na Cúpula do Clima que é necessário aumentar a ambição em inovação para viabilizar as aspirações ambientais que o mundo tem hoje para combater o aquecimento global, sobretudo com grande redução de emissão de carbono nos próximos anos. "A nova energia renovável será um mercado de muitos trilhões de dólares e criará milhões de empregos bem remunerados", comentou.

Na mesma conferência, o diretor executivo da Agência Internacional de Energia (AIE), Fatih Birol, destacou que a "retórica de defesa ambiental não corresponde a dados" relativos ao aquecimento global, que indica um "caminho perigoso" para a humanidade.

Contudo, Birol ressaltou que iniciativas estão sendo adotadas para reduzir a emissão de carbono, o que conta com adesão de consumidores em termos mundiais, pois segundo ele, as vendas de automóveis elétricos atingirão recordes neste ano. "Mas precisamos fazer mais. É necessário drástico corte de emissões de C02 de carros, caminhões e aviões", destacou. "É importante avançar em inovação, pois muito da redução da emissão de carbono virá de tecnologias que ainda não estão em plena atividade."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Biden: criaremos milhões de empregos bem remunerados em vários setores produtivos


23/04/2021 | 11:20


O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, afirmou que o Climate Summit (Cúpula do Clima) é o começo "para tornar reais nossos objetivos" para combater mudanças climáticas. Ele ressaltou que a adoção de projetos para renovar as fontes de energia vai criar milhões de empregos bem remunerados, em vários setores produtivos. "Durante a transição energética temos de assegurar que todos tenham oportunidade", destacou. "Precisamos acelerar o desenvolvimento de tecnologias para viabilizar metas ambientais."

Redução de carbono

A secretária de Comércio dos EUA, Gina Raimondo, afirmou nesta sexta-feira na Cúpula do Clima que é necessário aumentar a ambição em inovação para viabilizar as aspirações ambientais que o mundo tem hoje para combater o aquecimento global, sobretudo com grande redução de emissão de carbono nos próximos anos. "A nova energia renovável será um mercado de muitos trilhões de dólares e criará milhões de empregos bem remunerados", comentou.

Na mesma conferência, o diretor executivo da Agência Internacional de Energia (AIE), Fatih Birol, destacou que a "retórica de defesa ambiental não corresponde a dados" relativos ao aquecimento global, que indica um "caminho perigoso" para a humanidade.

Contudo, Birol ressaltou que iniciativas estão sendo adotadas para reduzir a emissão de carbono, o que conta com adesão de consumidores em termos mundiais, pois segundo ele, as vendas de automóveis elétricos atingirão recordes neste ano. "Mas precisamos fazer mais. É necessário drástico corte de emissões de C02 de carros, caminhões e aviões", destacou. "É importante avançar em inovação, pois muito da redução da emissão de carbono virá de tecnologias que ainda não estão em plena atividade."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;