Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Senado deve votar novo Refis na primeira quinzena de maio, diz líder da minoria



22/04/2021 | 14:11


O Senado deve votar na primeira quinzena de maio o projeto para instituir um novo Refis (programa de parcelamento de débitos tributários). A proposta é patrocinada pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e foi discutida em reunião de líderes, nesta quinta-feira, 22. De acordo com o líder da minoria, Jean Paul Prates (PT-RN), não há tantas resistências a essa medida.

O projeto a ser votado foi apresentado pelo próprio presidente do Senado. O líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), é o relator.

Em maio, esse projeto é o mais relevante para os senadores em um pacote de pautas econômicas previstas para votação.

Conforme o jornal O Estado de S. Paulo e o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) mostraram, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é favorável, mas quer restringir o alcance do Refis da covid-19 ao parcelamento de débitos contraídos durante o ano passado e à lista de setores mais afetados pela pandemia.

De acordo com o líder da minoria, o debate sobre o "prêmio" dado pelo Refis não deve vir com força neste ano em função da crise do novo coronavírus.

"Isso é uma discussão de fundo. Por causa da pandemia, fica bem menos aparente. Agora, com a questão da pandemia, é mais uma boa justificativa, além das medidas já tomadas", afirmou Jean Paul Prates em coletiva de imprensa. "São formas de socorro. É um ponto fora da curva, esses dois anos não podem ser contabilizados como normais."



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Senado deve votar novo Refis na primeira quinzena de maio, diz líder da minoria


22/04/2021 | 14:11


O Senado deve votar na primeira quinzena de maio o projeto para instituir um novo Refis (programa de parcelamento de débitos tributários). A proposta é patrocinada pelo presidente da Casa, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e foi discutida em reunião de líderes, nesta quinta-feira, 22. De acordo com o líder da minoria, Jean Paul Prates (PT-RN), não há tantas resistências a essa medida.

O projeto a ser votado foi apresentado pelo próprio presidente do Senado. O líder do governo na Casa, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE), é o relator.

Em maio, esse projeto é o mais relevante para os senadores em um pacote de pautas econômicas previstas para votação.

Conforme o jornal O Estado de S. Paulo e o Broadcast (sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado) mostraram, o ministro da Economia, Paulo Guedes, é favorável, mas quer restringir o alcance do Refis da covid-19 ao parcelamento de débitos contraídos durante o ano passado e à lista de setores mais afetados pela pandemia.

De acordo com o líder da minoria, o debate sobre o "prêmio" dado pelo Refis não deve vir com força neste ano em função da crise do novo coronavírus.

"Isso é uma discussão de fundo. Por causa da pandemia, fica bem menos aparente. Agora, com a questão da pandemia, é mais uma boa justificativa, além das medidas já tomadas", afirmou Jean Paul Prates em coletiva de imprensa. "São formas de socorro. É um ponto fora da curva, esses dois anos não podem ser contabilizados como normais."

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;