Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Sem vencer há seis meses, São Caetano desafia a Ponte Preta

Fabio Gianelli/Soccer Digital Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Lanterna geral do Paulistão, Azulão aposta últimas fichas para iniciar reação visando permanência


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

21/04/2021 | 23:30


Já são 186 dias, ou quase 27 semanas ou então pouco mais de seis meses desde a última vitória. Esta é a situação do São Caetano que, em 18 de outubro de 2020, quando bateu o Joinville-SC, pelo Campeonato Brasileiro da Série D, conquistou o último triunfo. De lá para cá, somando os sete compromissos até agora pelo Paulistão, foram 14 jogos, sendo 11 derrotas (incluindo os 9 a 0 sofridos para o Pelotas-RS) e três empates, o último deles na segunda-feira, contra o São Bento, em Sorocaba. Porém, justamente pelo comportamento do time neste compromisso no Interior é que todos no Azulão acreditam que o jejum de vitórias será encerrado hoje, às 22h15, em visita da Ponte Preta, pela sétima rodada da Série A-1 estadual. Lanterna geral, com dois pontos, o time do Grande ABC aposta todas as fichas em um início imediato de reação ou poderá ser tarde demais.

O técnico Paulinho McLaren terá de fazer pelo menos uma mudança no time. Expulso contra o São Bento, o volante Warian terá de cumprir suspensão. Desta maneira, Charles deverá ser deslocado para a cabeça de área e Guilherme Pira pode ganhar nova oportunidade pelo lado direito do campo, mesmo que improvisado. Isso porque o lateral destro Nikolas acabou se machucando em Sorocaba e também não estará disponível. Nas demais posições, a equipe deverá ser mantida, inclusive com Walter no comando ofensivo.

Do outro lado, a Ponte Preta vive momento irregular: foi eliminada na Copa do Brasil pelo Criciúma nos pênaltis, surpreendeu o Santos (3 a 0), mas perdeu o último compromisso contra o Red Bull Bragantino (2 a 0). 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sem vencer há seis meses, São Caetano desafia a Ponte Preta

Lanterna geral do Paulistão, Azulão aposta últimas fichas para iniciar reação visando permanência

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

21/04/2021 | 23:30


Já são 186 dias, ou quase 27 semanas ou então pouco mais de seis meses desde a última vitória. Esta é a situação do São Caetano que, em 18 de outubro de 2020, quando bateu o Joinville-SC, pelo Campeonato Brasileiro da Série D, conquistou o último triunfo. De lá para cá, somando os sete compromissos até agora pelo Paulistão, foram 14 jogos, sendo 11 derrotas (incluindo os 9 a 0 sofridos para o Pelotas-RS) e três empates, o último deles na segunda-feira, contra o São Bento, em Sorocaba. Porém, justamente pelo comportamento do time neste compromisso no Interior é que todos no Azulão acreditam que o jejum de vitórias será encerrado hoje, às 22h15, em visita da Ponte Preta, pela sétima rodada da Série A-1 estadual. Lanterna geral, com dois pontos, o time do Grande ABC aposta todas as fichas em um início imediato de reação ou poderá ser tarde demais.

O técnico Paulinho McLaren terá de fazer pelo menos uma mudança no time. Expulso contra o São Bento, o volante Warian terá de cumprir suspensão. Desta maneira, Charles deverá ser deslocado para a cabeça de área e Guilherme Pira pode ganhar nova oportunidade pelo lado direito do campo, mesmo que improvisado. Isso porque o lateral destro Nikolas acabou se machucando em Sorocaba e também não estará disponível. Nas demais posições, a equipe deverá ser mantida, inclusive com Walter no comando ofensivo.

Do outro lado, a Ponte Preta vive momento irregular: foi eliminada na Copa do Brasil pelo Criciúma nos pênaltis, surpreendeu o Santos (3 a 0), mas perdeu o último compromisso contra o Red Bull Bragantino (2 a 0). 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;