Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Funcionário da saúde recebe dose de fabricante diferente em vacinação contra Covid em Mauá

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Do dgabc.com.br

21/04/2021 | 10:53


Mais um incidente envolvendo a vacinação contra a Covid-19 aconteceu na região, desta vez em Mauá. Um funcionário da saúde recebeu a segunda dose do imunizante de fabricante diferente do que foi ministrado na primeira. Agora, para corrigir o erro, a prefeitura informou que o indivíduo, que não teve a identidade revelada, precisará tomar uma terceira dose igual a aplicada anteriormente para que esteja, de fato, imunizado.

O servidor recebeu a primeira dose da vacina de Oxford/Astrazeneca no dia 27 de janeiro. Em 19 de março retornou para a segunda dose, e recebeu a Coronavac, do laboratório Chinês Sinovac em parceria com o Butantan.

A situação veio a público após o ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB) publicar a foto do comprovante de vacinação na sua rede social.

Em nota, a prefeitura de Mauá lamentou o ocorrido. "Estamos seguindo todos os passos previstos no manual de aplicação dos imunizantes, distribuído pelo governo estadual. A pessoa que recebeu a segunda dose de um fabricante diferente em relação à primeira dose é funcionário da Prefeitura na área da saúde e está sendo acompanhado. Ele foi orientado a concluir o esquema vacinal com o mesmo imunizante da primeira dose em 14 dias. Informamos que o erro foi identificado imediatamente após a aplicação da dose. A auxiliar de enfermagem responsável pelo atendimento explicou ao funcionário da saúde os procedimentos que deveriam ser adotados. Ele entendeu que não teria complicações clínicas e não esboçou críticas ao ocorrido. A Secretaria de Saúde de Mauá lamenta também o uso político do fato e a falta de escrúpulos das pessoas que expuseram na internet o nome da profissional", concluiu.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Funcionário da saúde recebe dose de fabricante diferente em vacinação contra Covid em Mauá

Do dgabc.com.br

21/04/2021 | 10:53


Mais um incidente envolvendo a vacinação contra a Covid-19 aconteceu na região, desta vez em Mauá. Um funcionário da saúde recebeu a segunda dose do imunizante de fabricante diferente do que foi ministrado na primeira. Agora, para corrigir o erro, a prefeitura informou que o indivíduo, que não teve a identidade revelada, precisará tomar uma terceira dose igual a aplicada anteriormente para que esteja, de fato, imunizado.

O servidor recebeu a primeira dose da vacina de Oxford/Astrazeneca no dia 27 de janeiro. Em 19 de março retornou para a segunda dose, e recebeu a Coronavac, do laboratório Chinês Sinovac em parceria com o Butantan.

A situação veio a público após o ex-prefeito Atila Jacomussi (PSB) publicar a foto do comprovante de vacinação na sua rede social.

Em nota, a prefeitura de Mauá lamentou o ocorrido. "Estamos seguindo todos os passos previstos no manual de aplicação dos imunizantes, distribuído pelo governo estadual. A pessoa que recebeu a segunda dose de um fabricante diferente em relação à primeira dose é funcionário da Prefeitura na área da saúde e está sendo acompanhado. Ele foi orientado a concluir o esquema vacinal com o mesmo imunizante da primeira dose em 14 dias. Informamos que o erro foi identificado imediatamente após a aplicação da dose. A auxiliar de enfermagem responsável pelo atendimento explicou ao funcionário da saúde os procedimentos que deveriam ser adotados. Ele entendeu que não teria complicações clínicas e não esboçou críticas ao ocorrido. A Secretaria de Saúde de Mauá lamenta também o uso político do fato e a falta de escrúpulos das pessoas que expuseram na internet o nome da profissional", concluiu.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;