Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

BOE: em discurso sobre diversidade, Bailey não menciona política monetária



21/04/2021 | 08:49


Presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey não discutiu a política monetária, em discurso nesta quarta-feira, 21, sobre a importância da diversidade e como isso influencia as decisões do banco central. Em sua fala, Bailey defendeu que o BoE precisa ter uma cultura "inclusiva e aberta", na qual as pessoas possam se expressar, segundo ele para evitar os riscos de se pensar apenas em um grupo da sociedade, na tomada de decisões.

Bailey disse que é necessário estar atento à diversidade tanto no quadro de funcionários do BoE como ao avaliar como atingir o bem público para o setor financeiro. Ele defendeu que a diversidade nos contatos dos dirigentes com as pessoas nos mercados financeiros tem "benefícios diretos", ao melhorar a compreensão sobre o que movimenta os mercados, o que as pessoas esperam da política e os potenciais impactos de diferentes decisões.

Fintechs

Dirigente do BoE, Dave Ramsden também não tratou da política monetária no discurso que fez hoje. Ele falou sobre como o setor público, o BoE incluído, pode apoiar o "desenvolvimento seguro" das fintechs no Reino Unido.

Ramsden afirmou que as fintechs são um setor "abrangente e dinâmico", que requer uma resposta abrangente das autoridades para apoiá-lo. "O Banco da Inglaterra reconhece os benefícios que a inovação em fintechs e tecnologias pode trazer, e que isso pode ocorrer de muitas formas e a partir de muitos setores", notou, apontando o papel do setor público ao levar a infraestrutura necessária para que ocorram avanços nessa frente.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

BOE: em discurso sobre diversidade, Bailey não menciona política monetária


21/04/2021 | 08:49


Presidente do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês), Andrew Bailey não discutiu a política monetária, em discurso nesta quarta-feira, 21, sobre a importância da diversidade e como isso influencia as decisões do banco central. Em sua fala, Bailey defendeu que o BoE precisa ter uma cultura "inclusiva e aberta", na qual as pessoas possam se expressar, segundo ele para evitar os riscos de se pensar apenas em um grupo da sociedade, na tomada de decisões.

Bailey disse que é necessário estar atento à diversidade tanto no quadro de funcionários do BoE como ao avaliar como atingir o bem público para o setor financeiro. Ele defendeu que a diversidade nos contatos dos dirigentes com as pessoas nos mercados financeiros tem "benefícios diretos", ao melhorar a compreensão sobre o que movimenta os mercados, o que as pessoas esperam da política e os potenciais impactos de diferentes decisões.

Fintechs

Dirigente do BoE, Dave Ramsden também não tratou da política monetária no discurso que fez hoje. Ele falou sobre como o setor público, o BoE incluído, pode apoiar o "desenvolvimento seguro" das fintechs no Reino Unido.

Ramsden afirmou que as fintechs são um setor "abrangente e dinâmico", que requer uma resposta abrangente das autoridades para apoiá-lo. "O Banco da Inglaterra reconhece os benefícios que a inovação em fintechs e tecnologias pode trazer, e que isso pode ocorrer de muitas formas e a partir de muitos setores", notou, apontando o papel do setor público ao levar a infraestrutura necessária para que ocorram avanços nessa frente.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;