Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Savarino é o espião de Cuca na preparação do Atlético-MG para duelo com La Guaira



20/04/2021 | 15:42


O duelo inédito diante do Deportivo La Guaira pela primeira rodada do Grupo H da Copa Libertadores, nesta quarta-feira, às 19h15, no Estádio Olímpico de la UCV, em Caracas, na Venezuela, não vai pegar o técnico Cuca desinformado. Muito do conhecimento do treinador foi obtido graças ao atacante Savarino.

O venezuelano já trabalhou com o Daniel Farías, atual treinador do La Guaira, em 2017, no Zulia. "O rival está estudado. Eles têm um jogo só (na temporada). Dentro desse jogo, a gente analisou o time deles, a forma que eles jogam. Tiramos informações. A gente tem o Savarino, que também é de lá", disse o treinador atleticano, que não sabe se poderá contar com o atacante, ausente no jogo de fim de semana diante do Boa Esporte, pelo Campeonato Mineiro.

Atual campeão venezuelano, o La Guaira jogou pela última vez no dia 11, quando empatou sem gols com o Aragua, em casa, na rodada de abertura da liga nacional. "Deve faltar pra eles ritmo de jogo, mas com certeza vai ter uma gana enorme por estar representando o país num momento tão difícil como este que eles vivem lá também, a exemplo da gente aqui", afirmou Cuca.

Cuca, apesar de colocar o time na liderança do Campeonato Mineiro, está pressionado, após apenas um mês no cargo. O treinador é cobrado por parte da torcida por ter um elenco volumoso e de qualidade, mas mesmo assim ainda não ter conseguido render o esperado nas partidas. As derrotas para Cruzeiro e Caldense pesaram bastante.

"Sei que não é o treinador preferido por parte de alguns torcedores, principalmente mais o virtual, mas hoje o torcedor tem que entender que sou eu que estou aqui. E sou eu que vou dar tudo de mim para tirar tudo desse grupo", disse o técnico alvinegro.

Um resultado positivo nesta quarta-feira é apontado pelos torcedores como obrigatório, pois o Deportivo La Guaira, teoricamente, é o time mais frágil da chave, que conta ainda com Cerro Porteño (Paraguai) e América de Cali (Colômbia).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Savarino é o espião de Cuca na preparação do Atlético-MG para duelo com La Guaira


20/04/2021 | 15:42


O duelo inédito diante do Deportivo La Guaira pela primeira rodada do Grupo H da Copa Libertadores, nesta quarta-feira, às 19h15, no Estádio Olímpico de la UCV, em Caracas, na Venezuela, não vai pegar o técnico Cuca desinformado. Muito do conhecimento do treinador foi obtido graças ao atacante Savarino.

O venezuelano já trabalhou com o Daniel Farías, atual treinador do La Guaira, em 2017, no Zulia. "O rival está estudado. Eles têm um jogo só (na temporada). Dentro desse jogo, a gente analisou o time deles, a forma que eles jogam. Tiramos informações. A gente tem o Savarino, que também é de lá", disse o treinador atleticano, que não sabe se poderá contar com o atacante, ausente no jogo de fim de semana diante do Boa Esporte, pelo Campeonato Mineiro.

Atual campeão venezuelano, o La Guaira jogou pela última vez no dia 11, quando empatou sem gols com o Aragua, em casa, na rodada de abertura da liga nacional. "Deve faltar pra eles ritmo de jogo, mas com certeza vai ter uma gana enorme por estar representando o país num momento tão difícil como este que eles vivem lá também, a exemplo da gente aqui", afirmou Cuca.

Cuca, apesar de colocar o time na liderança do Campeonato Mineiro, está pressionado, após apenas um mês no cargo. O treinador é cobrado por parte da torcida por ter um elenco volumoso e de qualidade, mas mesmo assim ainda não ter conseguido render o esperado nas partidas. As derrotas para Cruzeiro e Caldense pesaram bastante.

"Sei que não é o treinador preferido por parte de alguns torcedores, principalmente mais o virtual, mas hoje o torcedor tem que entender que sou eu que estou aqui. E sou eu que vou dar tudo de mim para tirar tudo desse grupo", disse o técnico alvinegro.

Um resultado positivo nesta quarta-feira é apontado pelos torcedores como obrigatório, pois o Deportivo La Guaira, teoricamente, é o time mais frágil da chave, que conta ainda com Cerro Porteño (Paraguai) e América de Cali (Colômbia).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;