Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Tamoio Athayde Marcondes é o sexto presidente da Funarte na gestão Bolsonaro

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

O coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda, o quinto presidente da Funarte, foi exonerado em 31 de março



20/04/2021 | 08:39


O procurador federal Tamoio Athayde Marcondes é o novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Com sua nomeação publicada nesta terça-feira, 20, no Diário Oficial da União, Athayde Marcondes se torna o sexto presidente da Funarte desde a posse de Jair Bolsonaro. O coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda, o quinto presidente da Funarte, foi exonerado em 31 de março.

A Funarte foi criada em 1975 com a missão de promover e incentivar a produção, a prática, o desenvolvimento e a difusão das artes no País. Hoje, ela abrange as áreas de circo, dança e teatro; música, concerto, popular e bandas; e de artes visuais. Atua também na preservação da memória das artes e publica livros. A Funarte mantém espaços culturais e centros de documentação em todo o País, representações regionais em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília e promove editais de fomento nas áreas em que atua.

Com sua nomeação para a Funarte, Athayde Marcondes fica exonerado do cargo de assessor técnico da vice-presidência. Antes, ele foi consultor jurídico do Ministério do Esporte na gestão de Luciano Picciani e ocupou outros cargos no governo.

Formado em Direito pela PUC Rio em 2008, ele teve uma passagem pela Funarte, entre junho de 2018 e janeiro de 2019, como procurador federal, quando deu assessoria jurídica e consultiva à instituição, que é vinculada à Secretaria Especial da Cultura, comandada pelo ator Mário Frias.

Em seu currículo, Athayde Marcondes diz ainda que atuou em matéria normativa e na formação de editais de fomento à cultura. Também informa que é membro da Ordem dos Músicos do Brasil e que foi condecorado com a Ordem do Mérito Judiciário Militar e com a Medalha Exército Brasileiro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Tamoio Athayde Marcondes é o sexto presidente da Funarte na gestão Bolsonaro

O coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda, o quinto presidente da Funarte, foi exonerado em 31 de março


20/04/2021 | 08:39


O procurador federal Tamoio Athayde Marcondes é o novo presidente da Fundação Nacional de Artes (Funarte). Com sua nomeação publicada nesta terça-feira, 20, no Diário Oficial da União, Athayde Marcondes se torna o sexto presidente da Funarte desde a posse de Jair Bolsonaro. O coronel da reserva Lamartine Barbosa Holanda, o quinto presidente da Funarte, foi exonerado em 31 de março.

A Funarte foi criada em 1975 com a missão de promover e incentivar a produção, a prática, o desenvolvimento e a difusão das artes no País. Hoje, ela abrange as áreas de circo, dança e teatro; música, concerto, popular e bandas; e de artes visuais. Atua também na preservação da memória das artes e publica livros. A Funarte mantém espaços culturais e centros de documentação em todo o País, representações regionais em São Paulo, Belo Horizonte e Brasília e promove editais de fomento nas áreas em que atua.

Com sua nomeação para a Funarte, Athayde Marcondes fica exonerado do cargo de assessor técnico da vice-presidência. Antes, ele foi consultor jurídico do Ministério do Esporte na gestão de Luciano Picciani e ocupou outros cargos no governo.

Formado em Direito pela PUC Rio em 2008, ele teve uma passagem pela Funarte, entre junho de 2018 e janeiro de 2019, como procurador federal, quando deu assessoria jurídica e consultiva à instituição, que é vinculada à Secretaria Especial da Cultura, comandada pelo ator Mário Frias.

Em seu currículo, Athayde Marcondes diz ainda que atuou em matéria normativa e na formação de editais de fomento à cultura. Também informa que é membro da Ordem dos Músicos do Brasil e que foi condecorado com a Ordem do Mérito Judiciário Militar e com a Medalha Exército Brasileiro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;