Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Red Bull Bragantino derrota Ponte Preta e assume liderança geral do Paulistão



19/04/2021 | 22:13


O Red Bull Bragantino pulou para a liderança geral do Campeonato Paulista, ao derrotar a Ponte Preta pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite desta segunda-feira, pela 11ª rodada. O resultado praticamente garante a equipe mandante nas quartas de final do torneio.

Com o resultado, o Bragantino alcançou os 20 pontos, na liderança do Grupo C, que conta também com Novorizontino (11), Palmeiras (nove) e Ituano (sete). A Ponte Preta, por outro lado, ficou fora do G-2 do Grupo B, com sete. O São Paulo tem 19 e a Ferroviária soma dez.

Com mais de 60% de posse de bola, o Red Bull Bragantino envolveu e dominou a Ponte Preta durante os 45 minutos iniciais. O time de Bragança não foi muito incisivo, mas controlou o jogo com extrema facilidade e abriu o marcador aos 37 minutos. Claudinho, o grande destaque da equipe, cobrou escanteio na cabeça de Pedrinho, uma das novidades do técnico Maurício Barbieri, que deu um leve desvio para colocar a bola no fundo das redes.

Perdida em campo, a Ponte Preta não conseguiu encaixar um contra-ataque e sofreu com a marcação do rival, tanto que apostava nas saídas de bola do zagueiro Ruan Renato. A situação piorou ainda mais quando João Veras deixou o campo lesionado. Sem conseguir se desvencilhar, não criou uma oportunidade sequer.

O panorama do segundo tempo não foi diferente. O Red Bull Bragantino anulou as jogadas em velocidade da Ponte e ficou tocando a bola, principalmente, em seu campo de defesa. Quando quis, ampliou. Aos cinco minutos, Claudinho arriscou de longe. Ygor deixou a bola escapar e Aderlan, caído no chão, conseguiu tocar para Ytalo. O atacante só empurrou.

No fim, o time da casa não teve mais gás e acabou 'cozinhando' o jogo. Do lado da Ponte Preta, apenas uma oportunidade criada. Thalles recebeu dentro da área e soltou o pé, mas o goleiro Cleiton fez uma defesa segura. Sendo assim, o Red Bull Bragantino confirmou mais uma grande vitória.

A Ponte Preta volta a campo na quinta-feira, às 22h15, para enfrentar o São Caetano, no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. O Red Bull Bragantino joga apenas no domingo, frente à Ferroviária, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 2 X 0 PONTE PRETA

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan (Rafael Luiz), Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Ricardo Ryller (Jadsom Silva), Lucas Evangelista, Claudinho e Pedrinho (Luiz Phelipe); Artur e Ytalo (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri.

PONTE PRETA - Ygor; Apodi, Ruan Renato, Luizão e Yuri; Dawhan (Pedrinho), Barreto (Léo Naldi) e Camilo (Thalles); Niltinho (Renan Mota), João Veras (Paulo Sérgio) e Moisés. Técnico: Fábio Moreno.

GOLS - Pedrinho, aos 37 minutos do primeiro tempo. Ytalo, aos cinco minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez

CARTÕES AMARELOS - Ardelan e Luiz Phelipe (Red Bull Bragantino); Paulo Sérgio (Ponte Preta)

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Red Bull Bragantino derrota Ponte Preta e assume liderança geral do Paulistão


19/04/2021 | 22:13


O Red Bull Bragantino pulou para a liderança geral do Campeonato Paulista, ao derrotar a Ponte Preta pelo placar de 2 a 0, em partida realizada na noite desta segunda-feira, pela 11ª rodada. O resultado praticamente garante a equipe mandante nas quartas de final do torneio.

Com o resultado, o Bragantino alcançou os 20 pontos, na liderança do Grupo C, que conta também com Novorizontino (11), Palmeiras (nove) e Ituano (sete). A Ponte Preta, por outro lado, ficou fora do G-2 do Grupo B, com sete. O São Paulo tem 19 e a Ferroviária soma dez.

Com mais de 60% de posse de bola, o Red Bull Bragantino envolveu e dominou a Ponte Preta durante os 45 minutos iniciais. O time de Bragança não foi muito incisivo, mas controlou o jogo com extrema facilidade e abriu o marcador aos 37 minutos. Claudinho, o grande destaque da equipe, cobrou escanteio na cabeça de Pedrinho, uma das novidades do técnico Maurício Barbieri, que deu um leve desvio para colocar a bola no fundo das redes.

Perdida em campo, a Ponte Preta não conseguiu encaixar um contra-ataque e sofreu com a marcação do rival, tanto que apostava nas saídas de bola do zagueiro Ruan Renato. A situação piorou ainda mais quando João Veras deixou o campo lesionado. Sem conseguir se desvencilhar, não criou uma oportunidade sequer.

O panorama do segundo tempo não foi diferente. O Red Bull Bragantino anulou as jogadas em velocidade da Ponte e ficou tocando a bola, principalmente, em seu campo de defesa. Quando quis, ampliou. Aos cinco minutos, Claudinho arriscou de longe. Ygor deixou a bola escapar e Aderlan, caído no chão, conseguiu tocar para Ytalo. O atacante só empurrou.

No fim, o time da casa não teve mais gás e acabou 'cozinhando' o jogo. Do lado da Ponte Preta, apenas uma oportunidade criada. Thalles recebeu dentro da área e soltou o pé, mas o goleiro Cleiton fez uma defesa segura. Sendo assim, o Red Bull Bragantino confirmou mais uma grande vitória.

A Ponte Preta volta a campo na quinta-feira, às 22h15, para enfrentar o São Caetano, no Anacleto Campanella, em São Caetano do Sul. O Red Bull Bragantino joga apenas no domingo, frente à Ferroviária, no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 2 X 0 PONTE PRETA

RED BULL BRAGANTINO - Cleiton; Aderlan (Rafael Luiz), Léo Ortiz, Fabrício Bruno e Edimar; Ricardo Ryller (Jadsom Silva), Lucas Evangelista, Claudinho e Pedrinho (Luiz Phelipe); Artur e Ytalo (Hurtado). Técnico: Maurício Barbieri.

PONTE PRETA - Ygor; Apodi, Ruan Renato, Luizão e Yuri; Dawhan (Pedrinho), Barreto (Léo Naldi) e Camilo (Thalles); Niltinho (Renan Mota), João Veras (Paulo Sérgio) e Moisés. Técnico: Fábio Moreno.

GOLS - Pedrinho, aos 37 minutos do primeiro tempo. Ytalo, aos cinco minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Salim Fende Chávez

CARTÕES AMARELOS - Ardelan e Luiz Phelipe (Red Bull Bragantino); Paulo Sérgio (Ponte Preta)

LOCAL - Estádio Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista (SP).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;