Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

IBM tem lucro líquido de US$ 955 milhões no 1º trimestre



19/04/2021 | 18:11


A IBM registrou lucro líquido de US$ 955 milhões no primeiro trimestre de 2021, ou US$ 1,77 por ação, uma queda em relação aos US$ 1,84 do mesmo período de 2020. O resultado divulgado nesta segunda-feira, no entanto, ficou acima do US$ 1,69 esperado por analistas ouvidos pelo FactSet.

Já as receitas ficaram em US$ 17,7 bilhões, em uma leva alta com relação aos US$ 17,6 bilhões do mesmo período no ano passado.

Após a divulgação do balanço, a ação da empresa subia 2,61% no after hours da Bolsa de Nova York, às 17h44 (de Brasília).

"O forte desempenho neste trimestre foi impulsionado pelo aumento da adoção dos clientes de nossa plataforma de nuvem híbrida, e o crescimento em software e consultoria nos permitiu ter um início de ano sólido", afirmou o CEO Arvind Krishna, em comunicado. "Embora tenhamos mais trabalho a fazer, estamos confiantes de que podemos alcançar o crescimento da receita para o ano inteiro e cumprir nossa meta de fluxo de caixa em 2021", concluiu.

A empresa também indicou o pagamento de dívidas desde o final de 2020, em uma soma de US$ 5,1 bilhões, que reduz seu débito total para US$ 56,4 bilhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

IBM tem lucro líquido de US$ 955 milhões no 1º trimestre


19/04/2021 | 18:11


A IBM registrou lucro líquido de US$ 955 milhões no primeiro trimestre de 2021, ou US$ 1,77 por ação, uma queda em relação aos US$ 1,84 do mesmo período de 2020. O resultado divulgado nesta segunda-feira, no entanto, ficou acima do US$ 1,69 esperado por analistas ouvidos pelo FactSet.

Já as receitas ficaram em US$ 17,7 bilhões, em uma leva alta com relação aos US$ 17,6 bilhões do mesmo período no ano passado.

Após a divulgação do balanço, a ação da empresa subia 2,61% no after hours da Bolsa de Nova York, às 17h44 (de Brasília).

"O forte desempenho neste trimestre foi impulsionado pelo aumento da adoção dos clientes de nossa plataforma de nuvem híbrida, e o crescimento em software e consultoria nos permitiu ter um início de ano sólido", afirmou o CEO Arvind Krishna, em comunicado. "Embora tenhamos mais trabalho a fazer, estamos confiantes de que podemos alcançar o crescimento da receita para o ano inteiro e cumprir nossa meta de fluxo de caixa em 2021", concluiu.

A empresa também indicou o pagamento de dívidas desde o final de 2020, em uma soma de US$ 5,1 bilhões, que reduz seu débito total para US$ 56,4 bilhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;