Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Fora do Grêmio, Renato Gaúcho faz carta de agradecimento e promete voltar



19/04/2021 | 17:10


O técnico Renato Gaúcho divulgou nesta segunda-feira uma carta para comentar a saída do Grêmio. O clube demitiu o treinador na última semana depois da eliminação na fase prévia da Copa Libertadores e encerrou uma passagem de mais de quatro anos. No comunicado, o técnico agradeceu ao Grêmio e disse que um dia pretende voltar ao cargo.

"O Grêmio não me chama, o Grêmio me convoca. Sempre foi assim e sempre vai ser. Foram quase cinco anos de muita dedicação, de muito trabalho e, principalmente, de muitas alegrias", escreveu o técnico. Ao fim da carta, Renato disse que sempre continuará torcendo pelo time e com orgulho da trajetória construída tanto como jogador como no papel de treinador. "Obrigado a todos e até breve!", acrescentou.

No texto, Renato menciona jogadores, dirigentes e funcionários do clube nos agradecimentos. O técnico relata até mesmo um episódio vivenciado no último sábado. Apesar de já ter sido demitido, o treinador continuava em um hotel em Porto Alegre para cumprir a quarentena obrigatória por ter sido diagnosticado com a covid-19. Renato foi surpreendido com a chegada dos jogadores ao seu quarto.

"O grupo inteiro ''invadiu'' o meu quarto do hotel para me abraçar. Ainda bem que o coração está em dia. Tive de expulsar eles depois da uma da manhã. E ainda queriam fazer churrasco para mim na segunda-feira. Mas aí não vou aguentar", contou. "Esse é o meu grupo! Não é fácil ficar quase cinco anos sem ter nenhum problema com jogador", completou o treinador.

Renato acumulou títulos importantes nesta última passagem pelo Grêmio. Os principais deles foram a Copa Libertadores de 2017 e a Copa do Brasil de 2016. O treinador já havia comandado o clube anteriormente, porém foi neste trabalho que conseguiu resultados melhores e se consolidou ainda mais como ídolo. "Se hoje sou o treinador com mais jogos no comando do clube, e isso é uma alegria que não cabe dentro do peito", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Fora do Grêmio, Renato Gaúcho faz carta de agradecimento e promete voltar


19/04/2021 | 17:10


O técnico Renato Gaúcho divulgou nesta segunda-feira uma carta para comentar a saída do Grêmio. O clube demitiu o treinador na última semana depois da eliminação na fase prévia da Copa Libertadores e encerrou uma passagem de mais de quatro anos. No comunicado, o técnico agradeceu ao Grêmio e disse que um dia pretende voltar ao cargo.

"O Grêmio não me chama, o Grêmio me convoca. Sempre foi assim e sempre vai ser. Foram quase cinco anos de muita dedicação, de muito trabalho e, principalmente, de muitas alegrias", escreveu o técnico. Ao fim da carta, Renato disse que sempre continuará torcendo pelo time e com orgulho da trajetória construída tanto como jogador como no papel de treinador. "Obrigado a todos e até breve!", acrescentou.

No texto, Renato menciona jogadores, dirigentes e funcionários do clube nos agradecimentos. O técnico relata até mesmo um episódio vivenciado no último sábado. Apesar de já ter sido demitido, o treinador continuava em um hotel em Porto Alegre para cumprir a quarentena obrigatória por ter sido diagnosticado com a covid-19. Renato foi surpreendido com a chegada dos jogadores ao seu quarto.

"O grupo inteiro ''invadiu'' o meu quarto do hotel para me abraçar. Ainda bem que o coração está em dia. Tive de expulsar eles depois da uma da manhã. E ainda queriam fazer churrasco para mim na segunda-feira. Mas aí não vou aguentar", contou. "Esse é o meu grupo! Não é fácil ficar quase cinco anos sem ter nenhum problema com jogador", completou o treinador.

Renato acumulou títulos importantes nesta última passagem pelo Grêmio. Os principais deles foram a Copa Libertadores de 2017 e a Copa do Brasil de 2016. O treinador já havia comandado o clube anteriormente, porém foi neste trabalho que conseguiu resultados melhores e se consolidou ainda mais como ídolo. "Se hoje sou o treinador com mais jogos no comando do clube, e isso é uma alegria que não cabe dentro do peito", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;