Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 12 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Marcelo Adnet critica ex-BBBs se aglomerando em vídeo



19/04/2021 | 13:29


O Brasil atravessa a pior fase da pandemia do novo coronavírus desde o seu início, em março de 2020, e já acumula quase 400 mil mortes. Na contramão do isolamento social, tão necessário para conter o avanço da doença, influenciadores postam nas redes sociais dancinhas, viagens e outras formas de aglomeração, o que não passou despercebido por Marcelo Adnet.

O humorista usou sua rede social para criticar esse comportamento irresponsável. "Chocante entrar no Instagram e perceber que influencers seguem aglomerando para fazer dancinhas e coreografias em meio a propagandas de shakes e chás emagrecedores", começou escrevendo no Twitter.

"Lipo, rino, harmonização, bichecto. Um show de horrores. Talvez eu esteja apenas velho", afirmou, sem citar nomes. O apresentador Felipe Andreoli respondeu: "Ou louco. Porque se todo mundo acha isso legal? Os loucos somos nós. Loucos e velhos".

Na sequência, Adnet mostrou um exemplo do que está acontecendo. Ele compartilhou um vídeo do início de abril com as ex-participantes do Big Brother Brasil Munik Nunes (BBB 16), Hariany Almeida (BBB 19), Paula von Sperling (BBB 19) e Flayslane (BBB 20). Fazendo coreografia e se aglomerando com elas, estão também MC Mirella e a influenciadora Lais Bianchessi.

Na legenda do vídeo, Marcelo escreveu: "Pandemia, quase 400 mil mortos". A atriz Maria Bopp, que criou a personagem Blogueirinha do Fim do Mundo para criticar as influenciadoras com esse tipo de atitude, comentou na postagem de Adnet: "É inacreditável. Gente ruim". Armando Babaioff também se manifestou: "O mundo que está de pernas pro ar, mas com os dentes cada vez mais brancos".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Marcelo Adnet critica ex-BBBs se aglomerando em vídeo


19/04/2021 | 13:29


O Brasil atravessa a pior fase da pandemia do novo coronavírus desde o seu início, em março de 2020, e já acumula quase 400 mil mortes. Na contramão do isolamento social, tão necessário para conter o avanço da doença, influenciadores postam nas redes sociais dancinhas, viagens e outras formas de aglomeração, o que não passou despercebido por Marcelo Adnet.

O humorista usou sua rede social para criticar esse comportamento irresponsável. "Chocante entrar no Instagram e perceber que influencers seguem aglomerando para fazer dancinhas e coreografias em meio a propagandas de shakes e chás emagrecedores", começou escrevendo no Twitter.

"Lipo, rino, harmonização, bichecto. Um show de horrores. Talvez eu esteja apenas velho", afirmou, sem citar nomes. O apresentador Felipe Andreoli respondeu: "Ou louco. Porque se todo mundo acha isso legal? Os loucos somos nós. Loucos e velhos".

Na sequência, Adnet mostrou um exemplo do que está acontecendo. Ele compartilhou um vídeo do início de abril com as ex-participantes do Big Brother Brasil Munik Nunes (BBB 16), Hariany Almeida (BBB 19), Paula von Sperling (BBB 19) e Flayslane (BBB 20). Fazendo coreografia e se aglomerando com elas, estão também MC Mirella e a influenciadora Lais Bianchessi.

Na legenda do vídeo, Marcelo escreveu: "Pandemia, quase 400 mil mortos". A atriz Maria Bopp, que criou a personagem Blogueirinha do Fim do Mundo para criticar as influenciadoras com esse tipo de atitude, comentou na postagem de Adnet: "É inacreditável. Gente ruim". Armando Babaioff também se manifestou: "O mundo que está de pernas pro ar, mas com os dentes cada vez mais brancos".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;