Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Quartararo aproveita queda de Rins e vence etapa de Portugal; Márquez é o 7º



18/04/2021 | 10:48


Após largar na pole position e perder algumas posições, Fabio Quartararo se recuperou e contou com a queda de adversários para triunfar na etapa de Portugal da MotoGP, a terceira da temporada 2021, neste domingo. De volta à pista após noves meses afastado, o hexacampeão Marc Márquez terminou em sétimo.

No circuito de Portimão, o piloto da Yamaha rivalizou principalmente com o Álex Rins, mas o espanhol da Suzuki caiu na parte final da prova, desperdiçou a chance de subir ao pódio pela primeira vez em 2021 e deixou o caminho livre para Quartararo vencer com folga. Johann Zarco, então líder do Mundial, foi outro piloto a sofrer uma queda em Portugal.

O italiano Francesco Bagnaia, da Ducati, se recuperou depois da punição sofrida na sessão classificatória que o impediu de ser pole e saiu da 11ª colocação para galgar posições e terminar em segundo. Atual campeão, o espanhol Joan Mir, da Suzuki, completou o pódio na etapa portuguesa da MotoGP.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Yamaha SRT, cruzou a linha de chegada na quarta colocação, à frente do sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM, o quinto, e do espanhol, Aleix Espargaró, da Aprilia, em sexto.

Em sua primeira corrida na MotoGP após nove meses, Marc Márquez, que largara em sexto, terminou em sétimo. O piloto da Honda, hexacampeão mundial, se recuperou de uma fratura no braço direito sofrida na primeira etapa de 2020, na Espanha, e que o deixou de fora de todo o restante da temporada passada, e foi liberado pelos médicos. Neste domingo, ele teve um bom desempenho e completou a prova logo à frente de seu irmão, Álex, o oitavo colocado.

O italiano Enea Bastianini, da Avintia, e o japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, completaram o top 10. Jorge Martín, que conseguira um lugar no pódio na etapa de Doha, desfalcou a corrida neste domingo. O espanhol da Ducati sofreu uma forte queda no sábado, fraturou um metacarpo da mão direita e o maléolo medial no tornozelo direito e terá de ser submetido a uma cirurgia nos próximos dias.

Com o resultado deste domingo, Quartararo assumiu a liderança na classificação geral, com 61 pontos, 15 a mais que Bagnaia, o novo vice-líder. Viñales caiu para terceiro, à frente de Zarco, Mir, Aleix Espargaró, Rins, Binder, Bastianini e Jorge Martín.

Os pilotos retornam à pista em 2 de maio, para a etapa da Espanha, em Jerez de la Frontera, a quarta corrida da temporada 2021 da MotoGP.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Quartararo aproveita queda de Rins e vence etapa de Portugal; Márquez é o 7º


18/04/2021 | 10:48


Após largar na pole position e perder algumas posições, Fabio Quartararo se recuperou e contou com a queda de adversários para triunfar na etapa de Portugal da MotoGP, a terceira da temporada 2021, neste domingo. De volta à pista após noves meses afastado, o hexacampeão Marc Márquez terminou em sétimo.

No circuito de Portimão, o piloto da Yamaha rivalizou principalmente com o Álex Rins, mas o espanhol da Suzuki caiu na parte final da prova, desperdiçou a chance de subir ao pódio pela primeira vez em 2021 e deixou o caminho livre para Quartararo vencer com folga. Johann Zarco, então líder do Mundial, foi outro piloto a sofrer uma queda em Portugal.

O italiano Francesco Bagnaia, da Ducati, se recuperou depois da punição sofrida na sessão classificatória que o impediu de ser pole e saiu da 11ª colocação para galgar posições e terminar em segundo. Atual campeão, o espanhol Joan Mir, da Suzuki, completou o pódio na etapa portuguesa da MotoGP.

O ítalo-brasileiro Franco Morbidelli, da Yamaha SRT, cruzou a linha de chegada na quarta colocação, à frente do sul-africano Brad Binder, da Red Bull KTM, o quinto, e do espanhol, Aleix Espargaró, da Aprilia, em sexto.

Em sua primeira corrida na MotoGP após nove meses, Marc Márquez, que largara em sexto, terminou em sétimo. O piloto da Honda, hexacampeão mundial, se recuperou de uma fratura no braço direito sofrida na primeira etapa de 2020, na Espanha, e que o deixou de fora de todo o restante da temporada passada, e foi liberado pelos médicos. Neste domingo, ele teve um bom desempenho e completou a prova logo à frente de seu irmão, Álex, o oitavo colocado.

O italiano Enea Bastianini, da Avintia, e o japonês Takaaki Nakagami, da LCR Honda, completaram o top 10. Jorge Martín, que conseguira um lugar no pódio na etapa de Doha, desfalcou a corrida neste domingo. O espanhol da Ducati sofreu uma forte queda no sábado, fraturou um metacarpo da mão direita e o maléolo medial no tornozelo direito e terá de ser submetido a uma cirurgia nos próximos dias.

Com o resultado deste domingo, Quartararo assumiu a liderança na classificação geral, com 61 pontos, 15 a mais que Bagnaia, o novo vice-líder. Viñales caiu para terceiro, à frente de Zarco, Mir, Aleix Espargaró, Rins, Binder, Bastianini e Jorge Martín.

Os pilotos retornam à pista em 2 de maio, para a etapa da Espanha, em Jerez de la Frontera, a quarta corrida da temporada 2021 da MotoGP.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;