Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ex-candidato a prefeito pelo PT, Felipe Magalhães morre após infarto

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Equipe de atendimento realizou todos os procedimentos buscando salvá-lo, mas ele não resistiu


Daniel Tossato

17/04/2021 | 13:52


Felipe Magalhães, 39 anos, que foi candidato a prefeito de Ribeirão Pires pelo PT, morreu no fim da manhã deste sábado após sofrer infarto fulminante. 

O Diário apurou que Magalhães deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Luzia, na manhã deste sábado, sentindo dor no peito. Atendido, sofreu uma parada cardíaca.

Equipe que atendia Magalhães realizou todos os procedimentos buscando salvá-lo, mas ele não resistiu e morreu no equipamento de saúde.

Felipe Magalhães era professor, formado em Ciências Sociais, na Universidade de São Paulo, e deixa a esposa e três filhos.

Por meio de nota, a Prefeitura de Ribeirão Pires confirmou a morte do petista. Segundo o documento, Felipe Magalhães chegou na UPA Santa Luzia por vota das 11h38, consciente e com dor precordial. Atendido, sofreu uma paradacardíaca e não resistiu, mesmo diante dos esforços da equipe médica. "Prestamos toda solidariedade à família nesse momento difícil", declarou a gestão.

Candidato

Em 2020, Felipe Magalhães foi candidato a prefeito pelo PT tendo Jacque Cipriany (PT) como candidata a vice-prefeita na chapa. O nome de Magalhães surgiu após imbróglioenvolvendo o petismo da cidade.

No pleito, Magalhães obteve 5.097 votos, ficando em terceiro lugar na disputa municipal. A eleição foi vencida pelo atual prefeito, Clóvis Volpi (PL).
Internamente, o PT trabalhava o nome do petista como possível candidato a deputado na eleição do ano que vem.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ex-candidato a prefeito pelo PT, Felipe Magalhães morre após infarto

Equipe de atendimento realizou todos os procedimentos buscando salvá-lo, mas ele não resistiu

Daniel Tossato

17/04/2021 | 13:52


Felipe Magalhães, 39 anos, que foi candidato a prefeito de Ribeirão Pires pelo PT, morreu no fim da manhã deste sábado após sofrer infarto fulminante. 

O Diário apurou que Magalhães deu entrada na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Santa Luzia, na manhã deste sábado, sentindo dor no peito. Atendido, sofreu uma parada cardíaca.

Equipe que atendia Magalhães realizou todos os procedimentos buscando salvá-lo, mas ele não resistiu e morreu no equipamento de saúde.

Felipe Magalhães era professor, formado em Ciências Sociais, na Universidade de São Paulo, e deixa a esposa e três filhos.

Por meio de nota, a Prefeitura de Ribeirão Pires confirmou a morte do petista. Segundo o documento, Felipe Magalhães chegou na UPA Santa Luzia por vota das 11h38, consciente e com dor precordial. Atendido, sofreu uma paradacardíaca e não resistiu, mesmo diante dos esforços da equipe médica. "Prestamos toda solidariedade à família nesse momento difícil", declarou a gestão.

Candidato

Em 2020, Felipe Magalhães foi candidato a prefeito pelo PT tendo Jacque Cipriany (PT) como candidata a vice-prefeita na chapa. O nome de Magalhães surgiu após imbróglioenvolvendo o petismo da cidade.

No pleito, Magalhães obteve 5.097 votos, ficando em terceiro lugar na disputa municipal. A eleição foi vencida pelo atual prefeito, Clóvis Volpi (PL).
Internamente, o PT trabalhava o nome do petista como possível candidato a deputado na eleição do ano que vem.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;