Fechar
Publicidade

Domingo, 20 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Tecnologia

tecnologia@dgabc.com.br | 4435-8301

Polêmica: por que ativistas são contra o Instagram para crianças?

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Bianca Bellucci
Do 33Giga

16/04/2021 | 11:18


Em meados de março de 2021, o Facebook anunciou planos de criar um Instagram para crianças. De forma geral, a ideia é desenvolver um aplicativo para menores de 13 anos que deve ser administrado pelos pais dos pequenos e pretende priorizar a privacidade e não exibir anúncios. No entanto, grupos de defensores da saúde e da infância ao redor do mundo estão se posicionando contra o lançamento.

Leia mais:
A importância de manter crianças seguras em ambientes digitais
Conheça a história de cinco petições vitoriosas no Change.org
Games, k-pop e Lego lideram buscas das crianças na internet

De acordo com um manifesto da Campaign for a Commercial-Free Childhood (CCFC), ONG voltada ao desenvolvimento saudável da infância, a cultura do corpo perfeito e a obsessão pela aprovação dos outros são muito presentes na plataforma. Tais características podem ser perigosa para as crianças, que ainda estão em fase de desenvolvimento.

Para embasar tal afirmação, a carta cita uma pesquisa da The Royal Society for Public Health. Nela, o Instagram é classificado como a pior rede social para a saúde mental dos jovens. Isso porque ela tende a acarretar transtornos alimentares, cyberbullying e assédio sexual.

A carta contra o Instagram para crianças foi publicada nesta quinta-feira (15) e direcionada para o chefe do Facebook, Mark Zuckerberg. Ela é assinada por 35 organizações e 64 indivíduos. Quem não concorda com o lançamento da rede social também pode se juntar à causa na petição online da CCFC.

É importante destacar que o Instagram para crianças não é o único criticado pelos ativistas. Redes sociais como Facebook, YouTube e TikTok também são questionadas sobre a forma como tratam a privacidades dos jovens nas plataformas.

Quer ficar por dentro do mundo da tecnologia e ainda baixar gratuitamente nosso e-book Manual de Segurança na Internet? Clique aqui e assine a newsletter do 33Giga



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;