Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Para que serve o Exército?

Trabalho vai além de conflitos em guerras e também busca proteger e ajudar o País e os cidadãos


Luís Felipe Soares

18/04/2021 | 00:02


A missão do Exército Brasileiro é proteger o País de qualquer complicação contra a Pátria e não fica restrita a possível participação em guerras e conflitos grandiosos. O foco está em garantir a defesa do território, das riquezas (incluindo sal e minérios como ouro, ferro e cobre) e da população brasileira. Atualmente, cerca de 220 mil pessoas integram a instituição, com soldados espalhados por todos os lugares estando sempre em alerta para qualquer contribuição necessária. 

O trabalho dos integrantes passa por diferentes atribuições necessárias. Nos chamados tempos de paz, quando não há disputas armadas, os destaques ficam por conta do trabalho diário contra ações externas, o que inclui guardar o território e vigiar as fronteiras com outros países. Para se ter ideia, o Brasil é conectado com praticamente todos os países da América do Sul, exceto Chile e Equador, sendo que as fronteiras terrestres representam mais de 60% da extensão dos limites territoriais nacionais. Nessas áreas, os militares trabalham para combater crimes como tráfico de drogas e de animais silvestres, por exemplo.

Também há participação em apoio a obras voltadas para o desenvolvimento, casos de construção e a manutenção de estradas e pontes. Outro serviço auxilia o setor da saúde, com movimentação para atender à população que mora em lugares de difícil acesso, como os povos indígenas. Durante a atual pandemia da Covid-19, os militares trabalham no transporte de medicamentos necessários, na logística em torno da vacinação e descontaminando ambientes públicos com grande circulação de pessoas, seja em terminais rodoviários ou grandes aeroportos.

A preparação para o cotidiano do Exército Brasileiro inclui sério treinamento. Na lista estão desenvolvimento físico, aprendizado de manuseio de armamentos, conhecimento sobre lutas diversas, estudos e instruções gerais. Disciplina e comprometimento com as atividades são fatores básicos para os integrantes. Todos os anos, são treinados novos soldados nos diversos quartéis do País, com o alistamento no serviço militar ocorrendo aos jovens que completam 18 anos. Os selecionados podem permanecer por até oito anos, sendo que a sequência na carreira militar necessita de aprovação por meio de concurso público para uma das escolas de formação do Exército. 

A educação faz parte das atribuições da instituição por meio dos colégios militares. Essas escolas oferecem educação básica nos últimos anos do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), além de terem aula para o ensino médio. Assim como colégios comuns, seguem conteúdo de ensino previsto pelo Ministério da Educação, com diferencial de promoverem atividades e exigir postura dos alunos, tanto meninos quanto meninas, segundo certos valores, tradições e costumes do Exército Brasileiro.

O Dia do Exército Brasileiro é celebrado anualmente em 19 de abril


A instituição é uma das três Forças Armadas do Brasil, ao lado da Marinha e da Aeronáutica


Consultoria da equipe do centro da comunicação social do Exército Brasileiro



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para que serve o Exército?

Trabalho vai além de conflitos em guerras e também busca proteger e ajudar o País e os cidadãos

Luís Felipe Soares

18/04/2021 | 00:02


A missão do Exército Brasileiro é proteger o País de qualquer complicação contra a Pátria e não fica restrita a possível participação em guerras e conflitos grandiosos. O foco está em garantir a defesa do território, das riquezas (incluindo sal e minérios como ouro, ferro e cobre) e da população brasileira. Atualmente, cerca de 220 mil pessoas integram a instituição, com soldados espalhados por todos os lugares estando sempre em alerta para qualquer contribuição necessária. 

O trabalho dos integrantes passa por diferentes atribuições necessárias. Nos chamados tempos de paz, quando não há disputas armadas, os destaques ficam por conta do trabalho diário contra ações externas, o que inclui guardar o território e vigiar as fronteiras com outros países. Para se ter ideia, o Brasil é conectado com praticamente todos os países da América do Sul, exceto Chile e Equador, sendo que as fronteiras terrestres representam mais de 60% da extensão dos limites territoriais nacionais. Nessas áreas, os militares trabalham para combater crimes como tráfico de drogas e de animais silvestres, por exemplo.

Também há participação em apoio a obras voltadas para o desenvolvimento, casos de construção e a manutenção de estradas e pontes. Outro serviço auxilia o setor da saúde, com movimentação para atender à população que mora em lugares de difícil acesso, como os povos indígenas. Durante a atual pandemia da Covid-19, os militares trabalham no transporte de medicamentos necessários, na logística em torno da vacinação e descontaminando ambientes públicos com grande circulação de pessoas, seja em terminais rodoviários ou grandes aeroportos.

A preparação para o cotidiano do Exército Brasileiro inclui sério treinamento. Na lista estão desenvolvimento físico, aprendizado de manuseio de armamentos, conhecimento sobre lutas diversas, estudos e instruções gerais. Disciplina e comprometimento com as atividades são fatores básicos para os integrantes. Todos os anos, são treinados novos soldados nos diversos quartéis do País, com o alistamento no serviço militar ocorrendo aos jovens que completam 18 anos. Os selecionados podem permanecer por até oito anos, sendo que a sequência na carreira militar necessita de aprovação por meio de concurso público para uma das escolas de formação do Exército. 

A educação faz parte das atribuições da instituição por meio dos colégios militares. Essas escolas oferecem educação básica nos últimos anos do ensino fundamental (do 6º ao 9º ano), além de terem aula para o ensino médio. Assim como colégios comuns, seguem conteúdo de ensino previsto pelo Ministério da Educação, com diferencial de promoverem atividades e exigir postura dos alunos, tanto meninos quanto meninas, segundo certos valores, tradições e costumes do Exército Brasileiro.

O Dia do Exército Brasileiro é celebrado anualmente em 19 de abril


A instituição é uma das três Forças Armadas do Brasil, ao lado da Marinha e da Aeronáutica


Consultoria da equipe do centro da comunicação social do Exército Brasileiro

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;