Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 5 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Pan, Inter e Caixa lideram ranking de reclamações contra dez maiores bancos



15/04/2021 | 15:09


O Banco Central informou nesta quinta-feira, 15, que o banco Pan terminou o primeiro trimestre de 2021 na liderança do ranking de reclamações contra as dez maiores instituições financeiras do Brasil. O banco registrou índice de 245,28. Em segundo lugar aparece o Inter (129,26) e, em terceiro, a Caixa Econômica Federal (36,20).

O índice de reclamações é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000. Na prática, quanto maior o índice, pior a classificação da instituição. O ranking é trimestral.

Desde o início deste ano, o BC vem publicando uma lista com as dez maiores instituições em número de clientes e seus respectivos índices de reclamações. Uma segunda lista reúne as demais instituições. Até então, a primeira lista reunia todas as instituições com mais de 4 milhões de clientes, enquanto a segunda incorporava as instituições menores.

Na lista com as dez maiores instituições, o Santander aparece como a quarta instituição mais reclamada (índice de 31,38). Na sequência estão Bradesco (22,78), Banco do Brasil (21,25), Itaú (19,72), Votorantim (4,57), Midway (2,77) e Nubank (0,00).

Instituições menores

Entre os bancos e financeiras menores (que não fazem parte do grupo das dez maiores), a liderança do ranking de reclamações é do C6 Bank (índice de 979,53). Em seguida aparecem Facta Financeira (620,55), Máxima (568,89), Banco Digimais (484,31) e Safra (281,53). A lista completa tem 21 instituições.

Entre as reclamações mais frequentes estão a "oferta ou prestação de informação sobre crédito consignado de forma inadequada" e "irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações dos serviços relacionados a operações de crédito".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pan, Inter e Caixa lideram ranking de reclamações contra dez maiores bancos


15/04/2021 | 15:09


O Banco Central informou nesta quinta-feira, 15, que o banco Pan terminou o primeiro trimestre de 2021 na liderança do ranking de reclamações contra as dez maiores instituições financeiras do Brasil. O banco registrou índice de 245,28. Em segundo lugar aparece o Inter (129,26) e, em terceiro, a Caixa Econômica Federal (36,20).

O índice de reclamações é calculado com base no número de reclamações consideradas procedentes, dividido pelo número de clientes da instituição, multiplicado por 1.000.000. Na prática, quanto maior o índice, pior a classificação da instituição. O ranking é trimestral.

Desde o início deste ano, o BC vem publicando uma lista com as dez maiores instituições em número de clientes e seus respectivos índices de reclamações. Uma segunda lista reúne as demais instituições. Até então, a primeira lista reunia todas as instituições com mais de 4 milhões de clientes, enquanto a segunda incorporava as instituições menores.

Na lista com as dez maiores instituições, o Santander aparece como a quarta instituição mais reclamada (índice de 31,38). Na sequência estão Bradesco (22,78), Banco do Brasil (21,25), Itaú (19,72), Votorantim (4,57), Midway (2,77) e Nubank (0,00).

Instituições menores

Entre os bancos e financeiras menores (que não fazem parte do grupo das dez maiores), a liderança do ranking de reclamações é do C6 Bank (índice de 979,53). Em seguida aparecem Facta Financeira (620,55), Máxima (568,89), Banco Digimais (484,31) e Safra (281,53). A lista completa tem 21 instituições.

Entre as reclamações mais frequentes estão a "oferta ou prestação de informação sobre crédito consignado de forma inadequada" e "irregularidades relativas a integridade, confiabilidade, segurança, sigilo ou legitimidade das operações dos serviços relacionados a operações de crédito".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;