Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 14 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Cia Do Fuxico de Teatro apresenta espetáculo virtual

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Projeto Teatro Lambe Lambe - Fases da Vida pode ser visto gratuitamente até maio


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

15/04/2021 | 13:59


Criada em 1997, em Santo André, pelos atores Ronaldo Barbosa, Cida Lima e Alessandra Nascimento (formados pela Fundação das Artes de São Caetano), a Cia Fuxico de Teatro teve projeto contemplado por meio da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Cultura andreense, e apresenta programação virtual.

O público poderá ver, gratuitamente, o projeto Teatro Lambe Lambe - Fases da Vida, disponível por meio do Google Meet. A inscrição deve ser feita pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdTG6dE7Sb1pLmo3xSJcaN-CmC-cZwcTosgIE7oEftcbxkR1A/viewform. O evento acontece nos dias 16, 20, 23 , 27 , 30 de abril. E em maio, nos dias 4, 7, e 11, sempre às 19h30.

O espetáculo, realizado por três atores, conta com três caixas e três histórias de curta duração. O público poderá escolher qual ‘caixa’ escolher para ver a história a ser contada.

“Nesse nosso projeto, mesmo diante do celular ou de um computador, queremos convidar o público a espiar as nossas três caixas”, convida Barbosa. Ele explica que cada caixa representa uma fase da vida. “A infância a maturidade e a velhice. Quem sabe você não se identifica com alguma delas de alguma forma. Venha espiar e apreciar a arte do teatro lambe lambe”.

Logo após o espetáculo, o grupo disponibiliza um tutorial de como construir uma caixa lambe lambe, além de realizar junto com um bate-papo com o público.
De acordo com a Cia do Fuxico, as histórias contadas são indicado para crianças a partir de 5 anos, mas a proposta cênica se estende a espectadores de outras idades, pois cada um passará por uma experiência diferente.

Barbosa celebra a possibilidade de encenação. “Para nós, artistas, produtores e atores, a Lei Aldir Blanc é de sua importância, pois voltou a unir o País em torno da Cultura”, diz. Ele explica que, ainda que por da tela do celular, já que apresentações com público presencial não podem acontecer, por conta da pandemia, tem sido possível “colocar nossa arte para voar para muitos lugares e os artistas puderam ganhar seu sustento, pagar suas contas e voltar a exercer seu ofício sagrado. A arte precisa pulsar. A arte não pode parar”. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Cia Do Fuxico de Teatro apresenta espetáculo virtual

Projeto Teatro Lambe Lambe - Fases da Vida pode ser visto gratuitamente até maio

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

15/04/2021 | 13:59


Criada em 1997, em Santo André, pelos atores Ronaldo Barbosa, Cida Lima e Alessandra Nascimento (formados pela Fundação das Artes de São Caetano), a Cia Fuxico de Teatro teve projeto contemplado por meio da Lei Aldir Blanc, por meio da Secretaria de Cultura andreense, e apresenta programação virtual.

O público poderá ver, gratuitamente, o projeto Teatro Lambe Lambe - Fases da Vida, disponível por meio do Google Meet. A inscrição deve ser feita pelo link https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdTG6dE7Sb1pLmo3xSJcaN-CmC-cZwcTosgIE7oEftcbxkR1A/viewform. O evento acontece nos dias 16, 20, 23 , 27 , 30 de abril. E em maio, nos dias 4, 7, e 11, sempre às 19h30.

O espetáculo, realizado por três atores, conta com três caixas e três histórias de curta duração. O público poderá escolher qual ‘caixa’ escolher para ver a história a ser contada.

“Nesse nosso projeto, mesmo diante do celular ou de um computador, queremos convidar o público a espiar as nossas três caixas”, convida Barbosa. Ele explica que cada caixa representa uma fase da vida. “A infância a maturidade e a velhice. Quem sabe você não se identifica com alguma delas de alguma forma. Venha espiar e apreciar a arte do teatro lambe lambe”.

Logo após o espetáculo, o grupo disponibiliza um tutorial de como construir uma caixa lambe lambe, além de realizar junto com um bate-papo com o público.
De acordo com a Cia do Fuxico, as histórias contadas são indicado para crianças a partir de 5 anos, mas a proposta cênica se estende a espectadores de outras idades, pois cada um passará por uma experiência diferente.

Barbosa celebra a possibilidade de encenação. “Para nós, artistas, produtores e atores, a Lei Aldir Blanc é de sua importância, pois voltou a unir o País em torno da Cultura”, diz. Ele explica que, ainda que por da tela do celular, já que apresentações com público presencial não podem acontecer, por conta da pandemia, tem sido possível “colocar nossa arte para voar para muitos lugares e os artistas puderam ganhar seu sustento, pagar suas contas e voltar a exercer seu ofício sagrado. A arte precisa pulsar. A arte não pode parar”. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;