Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

OMS cita Brasil como lugar de 'perda de controle' sobre Covid-19

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/04/2021 | 18:13


O diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mike Ryan, citou nesta quarta-feira, 14, o Brasil como um caso de "perda de controle" na luta contra a pandemia. Durante sessão virtual de perguntas e respostas da entidade sobre a covid-19, Ryan afirmou que a situação atual no mundo é "muito instável", com piora nos números. "Infelizmente estamos vendo muitas mortes em muitos países", comentou.

Ryan disse que ainda não foi atingido o objetivo de vacinar os mais vulneráveis em toda parte. Ele admitiu que há pessoas que enfrentam dificuldades para manter medidas que evitam transmissões, como o distanciamento social, pois precisam trabalhar para sobreviver.

Também presente no evento, a diretora técnica da resposta da OMS à pandemia, Maria Van Kerkhove, destacou a alta recente nos casos em alguns países.

Segundo ela, nos últimos dias houve avanço nos registros da doença em Índia, EUA, Brasil, Turquia e França. Ela advertiu ainda para o fato de que as mortes pela doença crescem no mundo e também para a existência de novas cepas, mais contagiosas.

Ryan disse que as vacinas não podem controlar a onda atual de contaminações, já que há escassez de imunizantes em grande parte do mundo. "Temos de confiar em todas as medidas, não apenas em vacinas", lembrou, referindo-se a medidas como o uso de máscaras e o distanciamento social.

Ele ainda comentou que, se a perspectiva de haver vacinas induzir as pessoas a reduzirem as medidas de segurança agora, isso pode ser contraproducente na emergência de saúde.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

OMS cita Brasil como lugar de 'perda de controle' sobre Covid-19


14/04/2021 | 18:13


O diretor executivo da Organização Mundial de Saúde (OMS), Mike Ryan, citou nesta quarta-feira, 14, o Brasil como um caso de "perda de controle" na luta contra a pandemia. Durante sessão virtual de perguntas e respostas da entidade sobre a covid-19, Ryan afirmou que a situação atual no mundo é "muito instável", com piora nos números. "Infelizmente estamos vendo muitas mortes em muitos países", comentou.

Ryan disse que ainda não foi atingido o objetivo de vacinar os mais vulneráveis em toda parte. Ele admitiu que há pessoas que enfrentam dificuldades para manter medidas que evitam transmissões, como o distanciamento social, pois precisam trabalhar para sobreviver.

Também presente no evento, a diretora técnica da resposta da OMS à pandemia, Maria Van Kerkhove, destacou a alta recente nos casos em alguns países.

Segundo ela, nos últimos dias houve avanço nos registros da doença em Índia, EUA, Brasil, Turquia e França. Ela advertiu ainda para o fato de que as mortes pela doença crescem no mundo e também para a existência de novas cepas, mais contagiosas.

Ryan disse que as vacinas não podem controlar a onda atual de contaminações, já que há escassez de imunizantes em grande parte do mundo. "Temos de confiar em todas as medidas, não apenas em vacinas", lembrou, referindo-se a medidas como o uso de máscaras e o distanciamento social.

Ele ainda comentou que, se a perspectiva de haver vacinas induzir as pessoas a reduzirem as medidas de segurança agora, isso pode ser contraproducente na emergência de saúde.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;