Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Para Fed, emprego nos EUA acelerou e sentimento geral é otimista



14/04/2021 | 15:45


A recuperação do mercado de trabalho dos Estados Unidos acelerou entre os dias 23 de fevereiro e 5 de abril, segundo relatou o Livro Bege, relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) que detalha o cenário econômico em cada um dos 12 distritos da instituição.

A maioria dos distritos, de acordo com o documento, reportou um aumento modesto a moderado no número de funcionários, enquanto os setores de manufatura, construção, lazer e hotelaria foram os mais beneficiados no período observado pelo Livro Bege, que classificou o sentimento geral de empregadores como "otimista".

Houve ainda uma leve melhora nos salários pagos a trabalhadores, segundo relataram alguns contatos do Fed, afirma o documento, além de uma menor abstenção por conta da pandemia de covid-19.

"Os motoristas comerciais e de entrega foram especificamente citados como escassos, assim como os comerciantes especializados e qualificados", nota a publicação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para Fed, emprego nos EUA acelerou e sentimento geral é otimista


14/04/2021 | 15:45


A recuperação do mercado de trabalho dos Estados Unidos acelerou entre os dias 23 de fevereiro e 5 de abril, segundo relatou o Livro Bege, relatório divulgado nesta quarta-feira pelo Federal Reserve (Fed, o banco central norte-americano) que detalha o cenário econômico em cada um dos 12 distritos da instituição.

A maioria dos distritos, de acordo com o documento, reportou um aumento modesto a moderado no número de funcionários, enquanto os setores de manufatura, construção, lazer e hotelaria foram os mais beneficiados no período observado pelo Livro Bege, que classificou o sentimento geral de empregadores como "otimista".

Houve ainda uma leve melhora nos salários pagos a trabalhadores, segundo relataram alguns contatos do Fed, afirma o documento, além de uma menor abstenção por conta da pandemia de covid-19.

"Os motoristas comerciais e de entrega foram especificamente citados como escassos, assim como os comerciantes especializados e qualificados", nota a publicação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;