Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Álbum celebra Dona Ivone Lara com quatro músicas inéditas

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


14/04/2021 | 15:46


O quarto EP da série Baú da Dona Ivone foi lançado na terça-feira, 13, no dia em completaria 99 anos do nascimento da sambista Ivone Lara (13 de abril de 1922 - 16 de abril de 2018). A cantora, também marcada pelo seu talento como compositora, deixou fragmentos de músicas que não chegaram a ser finalizadas. No novo álbum, quatro canções foram criadas a partir deste legado.

Uma das novidades é Dois corações abrindo a manhã, samba gravado por Maria Rita. Xande de Pilares gravou outra inédita, Já é hora. As outras duas são O espaço pra sonhar, interpretada pelo Fundo de Quintal com as vozes de Sereno, Junior Itaguay e Marcio Alexandre, e 15 anos após o centenário, samba com Dudu Nobre e Pretinho da Serrinha.

O principal nome por trás das novas composições é Bruno Castro, parceiro de Ivone na última fase da vida da sambista carioca.

O EP também traz pela primeira vez em disco o samba Nas escritas da vida (Ivone Lara e Bruno Castro, 2009), feito por Ivone em dueto com Gilberto Gil, e a homenagem à Ivone Lara, O silêncio da passarada, na voz da cantora Dandara Mariana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Álbum celebra Dona Ivone Lara com quatro músicas inéditas


14/04/2021 | 15:46


O quarto EP da série Baú da Dona Ivone foi lançado na terça-feira, 13, no dia em completaria 99 anos do nascimento da sambista Ivone Lara (13 de abril de 1922 - 16 de abril de 2018). A cantora, também marcada pelo seu talento como compositora, deixou fragmentos de músicas que não chegaram a ser finalizadas. No novo álbum, quatro canções foram criadas a partir deste legado.

Uma das novidades é Dois corações abrindo a manhã, samba gravado por Maria Rita. Xande de Pilares gravou outra inédita, Já é hora. As outras duas são O espaço pra sonhar, interpretada pelo Fundo de Quintal com as vozes de Sereno, Junior Itaguay e Marcio Alexandre, e 15 anos após o centenário, samba com Dudu Nobre e Pretinho da Serrinha.

O principal nome por trás das novas composições é Bruno Castro, parceiro de Ivone na última fase da vida da sambista carioca.

O EP também traz pela primeira vez em disco o samba Nas escritas da vida (Ivone Lara e Bruno Castro, 2009), feito por Ivone em dueto com Gilberto Gil, e a homenagem à Ivone Lara, O silêncio da passarada, na voz da cantora Dandara Mariana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;