Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Em má fase, Melo e Rojer são eliminados na estreia do Masters 1000 de Montecarlo



13/04/2021 | 15:11


Em jogo retomado nesta terça-feira, após ser interrompido no dia anterior pela chuva, o brasileiro Marcelo Melo e o holandês Jean-Julien Rojer pararam na estreia no Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro no Principado de Mônaco. O americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury - cabeças de chave número 5 - venceram de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/1 e 10 a 8 no match tie-break, após 1 hora e 44 minutos.

Esta foi a quinta derrota consecutiva da parceria, a quarta em match tie-break. Juntos, Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer só venceram uma partida na temporada, superando a estreia no ATP 250 de Doha, no Catar, contra o alemão Kevin Krawietz e o americano Reilly Opelka. Eles já sofreram seis derrotas em 2021, cinco delas logo na estreia.

O próximo torneio de Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer será o ATP 500 de Barcelona, na Espanha, a partir do dia 19 deste mês, na sequência da temporada europeia no saibro. No ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira pela ATP, o brasileiro está em 17.º lugar, com 5.490 pontos. O holandês aparece em 27.º, com 4.160.

Na segunda-feira, o jogo foi paralisado com 39 minutos, quando as duplas empatavam em 3/3 no primeiro set. Nesta terça, Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer conseguiram a quebra logo no reinício da partida, mantendo a vantagem e fechando em 6/4. Na segunda parcial, a dupla teve quatro break points no terceiro game, mas os adversários salvaram e, na sequência, quebraram para abrir 3/1. Com mais um break, Ram e Salisbury marcaram 5/1 e venceram por 6/1, levando a definição para o match tie-break. O brasileiro e o holandês chegaram a ter 7 a 4 no set decisivo. Só que daí para frente, os adversários reagiram, viraram para 8 a 7 e ganharam por 10 a 8.

Classificados às oitavas de final, Ram e Salisbury terão pela frente mais um páreo duro. Os próximos rivais serão o japonês Ben McLachlan e o sul-africano Raven Klaasen, que precisaram de três sets para superar a estreia contra os australianos Alex de Minaur e John Peers com o placar final de 7/6 (7/3), 3/6 e 11 a 9 no match tie-break.

O Brasil teria outro representante na chave de duplas, mas o gaúcho Marcelo Demoliner deixou o torneio antes da estreia porque seu parceiro, o russo Daniil Medvedev - número 2 do mundo em simples -, foi diagnosticado com a covid-19.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em má fase, Melo e Rojer são eliminados na estreia do Masters 1000 de Montecarlo


13/04/2021 | 15:11


Em jogo retomado nesta terça-feira, após ser interrompido no dia anterior pela chuva, o brasileiro Marcelo Melo e o holandês Jean-Julien Rojer pararam na estreia no Masters 1000 de Montecarlo, disputado em quadras de saibro no Principado de Mônaco. O americano Rajeev Ram e o britânico Joe Salisbury - cabeças de chave número 5 - venceram de virada por 2 sets a 1 - com parciais de 4/6, 6/1 e 10 a 8 no match tie-break, após 1 hora e 44 minutos.

Esta foi a quinta derrota consecutiva da parceria, a quarta em match tie-break. Juntos, Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer só venceram uma partida na temporada, superando a estreia no ATP 250 de Doha, no Catar, contra o alemão Kevin Krawietz e o americano Reilly Opelka. Eles já sofreram seis derrotas em 2021, cinco delas logo na estreia.

O próximo torneio de Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer será o ATP 500 de Barcelona, na Espanha, a partir do dia 19 deste mês, na sequência da temporada europeia no saibro. No ranking mundial individual de duplas divulgado na segunda-feira pela ATP, o brasileiro está em 17.º lugar, com 5.490 pontos. O holandês aparece em 27.º, com 4.160.

Na segunda-feira, o jogo foi paralisado com 39 minutos, quando as duplas empatavam em 3/3 no primeiro set. Nesta terça, Marcelo Melo e Jean-Julien Rojer conseguiram a quebra logo no reinício da partida, mantendo a vantagem e fechando em 6/4. Na segunda parcial, a dupla teve quatro break points no terceiro game, mas os adversários salvaram e, na sequência, quebraram para abrir 3/1. Com mais um break, Ram e Salisbury marcaram 5/1 e venceram por 6/1, levando a definição para o match tie-break. O brasileiro e o holandês chegaram a ter 7 a 4 no set decisivo. Só que daí para frente, os adversários reagiram, viraram para 8 a 7 e ganharam por 10 a 8.

Classificados às oitavas de final, Ram e Salisbury terão pela frente mais um páreo duro. Os próximos rivais serão o japonês Ben McLachlan e o sul-africano Raven Klaasen, que precisaram de três sets para superar a estreia contra os australianos Alex de Minaur e John Peers com o placar final de 7/6 (7/3), 3/6 e 11 a 9 no match tie-break.

O Brasil teria outro representante na chave de duplas, mas o gaúcho Marcelo Demoliner deixou o torneio antes da estreia porque seu parceiro, o russo Daniil Medvedev - número 2 do mundo em simples -, foi diagnosticado com a covid-19.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;