Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Harvey Weinstein, condenado por abuso sexual, estaria ficando cego e sem dentes



13/04/2021 | 11:10


O advogado Norman Effman revelou que seu cliente Harvey Weinstein, ex-produtor de filmes acusado de estupro e assédio sexual por diversas atrizes de Hollywood, está ficando cego e já perdeu vários dentes na prisão. Em outra ocasião, foi revelado que ele também já sofreu com uma infecção grave no pênis.

Segundo o TMZ, a informação foi revelada pelo advogado durante uma audiência realizada em uma tentativa do advogado impedir que Weinstein seja extraditado para Los Angeles em uma nova acusação de crimes sexuais.

Ele alega que o ex-empresário não pode ter transferido de presídio por tem uma série de procedimentos dentários e oftalmológicos para resolver.

O juiz responsável pelo caso estabeleceu que a questão seja resolvida até o dia 30 de abril, para que assim ele possa responder pelos crimes em que é acusado em Los Angeles.

Harvey Weinstein cumpre a pena de 23 anos por estupro e atuo sexual criminoso no Centro Correcional de Wende após ser condenado em Nova York, nos Estados Unidos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Harvey Weinstein, condenado por abuso sexual, estaria ficando cego e sem dentes


13/04/2021 | 11:10


O advogado Norman Effman revelou que seu cliente Harvey Weinstein, ex-produtor de filmes acusado de estupro e assédio sexual por diversas atrizes de Hollywood, está ficando cego e já perdeu vários dentes na prisão. Em outra ocasião, foi revelado que ele também já sofreu com uma infecção grave no pênis.

Segundo o TMZ, a informação foi revelada pelo advogado durante uma audiência realizada em uma tentativa do advogado impedir que Weinstein seja extraditado para Los Angeles em uma nova acusação de crimes sexuais.

Ele alega que o ex-empresário não pode ter transferido de presídio por tem uma série de procedimentos dentários e oftalmológicos para resolver.

O juiz responsável pelo caso estabeleceu que a questão seja resolvida até o dia 30 de abril, para que assim ele possa responder pelos crimes em que é acusado em Los Angeles.

Harvey Weinstein cumpre a pena de 23 anos por estupro e atuo sexual criminoso no Centro Correcional de Wende após ser condenado em Nova York, nos Estados Unidos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;