Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Em viagem à América do Sul que exclui Brasil, enviados de Biden visitam Colômbia



12/04/2021 | 21:20


Autoridades dos Estados Unidos realizaram uma visita oficial à Colômbia nesta segunda-feira, 12. Os enviados especiais do presidente americano, Joe Biden, à América do Sul também irão à Argentina e ao Uruguai nesta semana. O Brasil não foi incluído no itinerário. "Valorizamos nossa estreita cooperação com Iván Duque e o governo colombiano e continuamos trabalhando juntos para restaurar a democracia na Venezuela", escreveu no Twitter a secretária-adjunta interina para Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado americano, Julie Chung. O diretor sênior para assuntos do Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional, Juan Gonzalez, também participou da reunião em Bogotá.

A Casa Branca anunciou a viagem no sábado, 10, por meio de um comunicado. O documento destacava que os representantes dos EUA discutiriam na Colômbia a recuperação econômica, a segurança e o desenvolvimento rural do país. Além disso, debateriam a crise migratória da Venezuela. Na Argentina e no Uruguai, de acordo com a nota, Chung e Gonzalez abordarão os desafios impostos pela pandemia de covid-19, as mudanças climáticas e as ameaças à democracia na região.

Em sua conta no Twitter, o presidente da Colômbia, Iván Duque, escreveu que a reunião de hoje foi "muito produtiva". "Discutimos, entre outras coisas, a reativação segura da economia, o trabalho coordenado contra o narcotráfico e o crime transnacional, bem como a preservação do meio ambiente", informou o mandatário. Julie Chung, por sua vez, disse que Washington e Bogotá são "parceiros na paz e na prosperidade".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Em viagem à América do Sul que exclui Brasil, enviados de Biden visitam Colômbia


12/04/2021 | 21:20


Autoridades dos Estados Unidos realizaram uma visita oficial à Colômbia nesta segunda-feira, 12. Os enviados especiais do presidente americano, Joe Biden, à América do Sul também irão à Argentina e ao Uruguai nesta semana. O Brasil não foi incluído no itinerário. "Valorizamos nossa estreita cooperação com Iván Duque e o governo colombiano e continuamos trabalhando juntos para restaurar a democracia na Venezuela", escreveu no Twitter a secretária-adjunta interina para Hemisfério Ocidental do Departamento de Estado americano, Julie Chung. O diretor sênior para assuntos do Hemisfério Ocidental no Conselho de Segurança Nacional, Juan Gonzalez, também participou da reunião em Bogotá.

A Casa Branca anunciou a viagem no sábado, 10, por meio de um comunicado. O documento destacava que os representantes dos EUA discutiriam na Colômbia a recuperação econômica, a segurança e o desenvolvimento rural do país. Além disso, debateriam a crise migratória da Venezuela. Na Argentina e no Uruguai, de acordo com a nota, Chung e Gonzalez abordarão os desafios impostos pela pandemia de covid-19, as mudanças climáticas e as ameaças à democracia na região.

Em sua conta no Twitter, o presidente da Colômbia, Iván Duque, escreveu que a reunião de hoje foi "muito produtiva". "Discutimos, entre outras coisas, a reativação segura da economia, o trabalho coordenado contra o narcotráfico e o crime transnacional, bem como a preservação do meio ambiente", informou o mandatário. Julie Chung, por sua vez, disse que Washington e Bogotá são "parceiros na paz e na prosperidade".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;