Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 13 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Sto.André receberá R$ 5 mi da União para saúde

Reprodução/Facebook Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Maior fatia dos recursos será para Covid; verba foi confirmada por Alex ao lado do prefeito


Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

12/04/2021 | 19:03


Atualizada às 23h30

A Prefeitura de Santo André, gerida por Paulo Serra (PSDB), irá captar o montante de R$ 5 milhões para a área de saúde, principalmente para custear despesas no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Os recursos estão previstos no orçamento federal de 2021, aprovado pelo Congresso no fim de março, via emenda parlamentar do deputado Alex Manente (Cidadania). O aporte foi anunciado ontem em visita do parlamentar ao gabinete do tucano, no Paço – Alex já havia sinalizado, em vídeo gravado na semana passada, que divulgaria novidades à cidade.

Santo André mantém duas unidades de hospitais de campanha – montados no Ginásio Pedro Dell’Antonia e estacionamento da UFABC (Universidade Federal do ABC) –, além de espaço exclusivo para pacientes Covid dentro do CHM (Centro Hospitalar Municipal). “Este recurso vem em ótima hora. Somos referência no combate ao coronavírus, não deixamos nenhum andreense sem atendimento, mantivemos os hospitais de campanha abertos, mas a pandemia ainda está aí e precisamos de todos os cuidados. Vamos utilizar a verba para dar prosseguimento a esta luta e também equipar a atenção básica à saúde”, alegou Paulo Serra, referindo-se também à proposta de aplicar parte da quantia em outros equipamentos municipais.

“Nós aprovamos o orçamento deste ano há 20 dias e aguardamos a sanção do presidente (da República, Jair Bolsonaro, sem partido). Nas emendas impositivas ao orçamento, destinei R$ 5 milhões para a saúde de Santo André, visando combater a pandemia, a pedido do prefeito, e também aprovamos vários outros recursos para a região”, sustentou Alex ao Diário, sem detalhar sobre quais destinações das demais emendas acertadas no documento. “Avisarei (do teor) assim que forem sancionados.”

O plano da administração tucana é utilizar parcela do dinheiro em diferentes frentes de enfrentamento à crise sanitária, entre elas investimentos na revitalização e modernização de unidades de saúde, por meio do programa Qualisaúde, além de manutenção dos hospitais de campanha. “Santo André é um exemplo de gestão e precisa deste recurso, assim como todo o Grande ABC. Temos certeza que essa verba será bem empenhada em prol da saúde dos andreenses”, emendou Alex.

A cidade, de acordo com Paulo Serra, dobrou o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19, com a criação de 70 novos leitos de UTI no CHM, totalizando 132 leitos com suporte respiratório. (colaborou Daniel Tossato)



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André receberá R$ 5 mi da União para saúde

Maior fatia dos recursos será para Covid; verba foi confirmada por Alex ao lado do prefeito

Fábio Martins
Do Diário do Grande ABC

12/04/2021 | 19:03


Atualizada às 23h30

A Prefeitura de Santo André, gerida por Paulo Serra (PSDB), irá captar o montante de R$ 5 milhões para a área de saúde, principalmente para custear despesas no enfrentamento à pandemia de Covid-19. Os recursos estão previstos no orçamento federal de 2021, aprovado pelo Congresso no fim de março, via emenda parlamentar do deputado Alex Manente (Cidadania). O aporte foi anunciado ontem em visita do parlamentar ao gabinete do tucano, no Paço – Alex já havia sinalizado, em vídeo gravado na semana passada, que divulgaria novidades à cidade.

Santo André mantém duas unidades de hospitais de campanha – montados no Ginásio Pedro Dell’Antonia e estacionamento da UFABC (Universidade Federal do ABC) –, além de espaço exclusivo para pacientes Covid dentro do CHM (Centro Hospitalar Municipal). “Este recurso vem em ótima hora. Somos referência no combate ao coronavírus, não deixamos nenhum andreense sem atendimento, mantivemos os hospitais de campanha abertos, mas a pandemia ainda está aí e precisamos de todos os cuidados. Vamos utilizar a verba para dar prosseguimento a esta luta e também equipar a atenção básica à saúde”, alegou Paulo Serra, referindo-se também à proposta de aplicar parte da quantia em outros equipamentos municipais.

“Nós aprovamos o orçamento deste ano há 20 dias e aguardamos a sanção do presidente (da República, Jair Bolsonaro, sem partido). Nas emendas impositivas ao orçamento, destinei R$ 5 milhões para a saúde de Santo André, visando combater a pandemia, a pedido do prefeito, e também aprovamos vários outros recursos para a região”, sustentou Alex ao Diário, sem detalhar sobre quais destinações das demais emendas acertadas no documento. “Avisarei (do teor) assim que forem sancionados.”

O plano da administração tucana é utilizar parcela do dinheiro em diferentes frentes de enfrentamento à crise sanitária, entre elas investimentos na revitalização e modernização de unidades de saúde, por meio do programa Qualisaúde, além de manutenção dos hospitais de campanha. “Santo André é um exemplo de gestão e precisa deste recurso, assim como todo o Grande ABC. Temos certeza que essa verba será bem empenhada em prol da saúde dos andreenses”, emendou Alex.

A cidade, de acordo com Paulo Serra, dobrou o número de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Covid-19, com a criação de 70 novos leitos de UTI no CHM, totalizando 132 leitos com suporte respiratório. (colaborou Daniel Tossato)

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;