Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

BAFTA presta tributo a Príncipe Philip e Nomadland é destaque na premiação



12/04/2021 | 11:11


Príncipe Philip, que morreu aos 99 anos de idade no dia 9 de abril, foi homenageado durante a cerimônia da Academia Britânica de Artes do Cinema e da Televisão, o BAFTA. A premiação, que aconteceu ao longa de duas noites com os indicados se reunindo por vídeo, devido à pandemia do novo coronavírus, relembrou as contribuições do marido da Rainha Elizabeth II.

Dermot O'Leary e Edith Bowman, anfitriões da noite, leram uma mensagem comovente que explicava que o príncipe teve um lugar muito especial na história do BAFTA depois de servir como o primeiro presidente de 1959 a 1965.

- Antes de começarmos esta noite, queremos dizer que, em nome do BAFTA, estamos extremamente tristes com o falecimento de sua alteza real, o príncipe Philip, duque de Edimburgo, na sexta-feira. O duque foi o primeiro presidente do BAFTA há mais de 60 anos e foi o primeiro patrono real, uma linha que vai até o atual presidente do BAFTA, seu neto, o duque de Cambridge. Foi o apoio do Príncipe Philip e de Sua Majestade, a Rainha ao longo desses anos, que de muitas maneiras permitiu que o BAFTA, uma instituição de caridade líder nas artes, continuasse em tempos difíceis e estivesse aqui hoje em 2021.O duque de Edimburgo ocupa um lugar muito especial na história do BAFTA e fará sua falta. Nossos pensamentos estão com a família real.

Príncipe William, que é o atual presidente do BAFTA, deveria fazer uma aparição na premiação, no entanto, por causa da morte do avô, não fez parte do evento neste ano.

Vencedores:

O longa-metragem sobre o drama da recessão nos Estados Unidos, Nomadland foi o grande vencedor da premiação no domingo, levando os prêmios de melhor filme, melhor direção (Chloé Zhao), melhor atriz (Frances McDormand) e melhor fotografia.

Outras quatro produções apareceram empatadas e levaram duas estatuetas cada.

Meu Pai venceu nas categorias de melhor roteiro adaptado e melhor ator para Anthony Hopkins. Bela Vingança ficou com o troféu de melhor filme britânico e melhor roteiro original. Soul, da Disney, ficou com o prêmio de melhor animação e melhor trilha original. E o filme O Som do Silêncio levou o troféu de melhor som e melhor edição.

Confira, abaixo, a lista completa dos vencedores do BAFTA 2021:

Melhor filme

Meu pai

The Mauritanian

Nomadland

Bela vingança

Os 7 de Chicago

Melhor filme britânico

Calm with horses

Meu pai

The dig

O que Ficou para Trás

Limbo

The mauritanian

Mogul Mowgli

Bela vingança

Rocks

Saint maud

Melhor filme de língua não inglesa

Druk - Mais uma Rodada - Thomas Vinterberg, Sisse Graum Jørgensen

Dear Comrades! - Andrei Konchalovsky, Alisher Usmanov

Les Misérables - Ladj Ly

Minari - Lee Isaac Chung, Christina Oh

Quo Vadis, Aida? - Jasmila ?bani?, Damir Ibrahimovich

Melhor animação

Dois irmãos

Soul

Wolfwalkers

Melhor diretor

Druk - Mais uma Rodada - Thomas Vinterberg

Babyteeth - Shannon Murphy

Minari - Lee Isaac Chung

Nomadland - Chloé Zhao

Quo Vadis, Aida? - Jasmila ?bani?

Rocks - Sarah Gavron

Melhor roteiro original

Druk - Mais uma Rodada - Tobias Lindholm, Thomas Vinterberg

Mank - Jack Fincher

Bela Vingança - Emerald Fennell

Rocks - Theresa Ikoko, Claire Wilson

Os 7 de Chicago - Aaron Sorkin

Melhor roteiro adaptado

The Dig - Moira Buffini

Meu pai - Christopher Hampton, Florian Zeller

The Mauritanian - Rory Haines, Sohrab Noshirvani, M.B. Traven

Nomadland - Chloé Zhao

O Tigre Branco - Ramin Bahrani

Melhor atriz

Vanessa Kirby - Pieces of a Woman

Frances McDormand - Nomadland

Bukky Bakray - Rocks"Radha Blank - "The Forty-Year-Old Version

Wuhmi Mosaku - "O que Ficou para Trás"

Alfre Woodard - "Clemency"

Melhor ator

Riz Ahmed - O Som do Silêncio

Chadwick Boseman - A Voz Suprema do Blues

Anthony Hopkins - Meu Pai

Tahar Rahim - The Mauritanian

Adarsh Gourav - O Tigre Branco

Mads Mikkelsen - Druk - Mais uma Rodada

Melhor atriz coadjuvante

Maria Bakalova - Borat: Fita de Cinema Seguinte

Youn Yuh-jung - Minari

Niamh Algar - Calm with Horses

Kosar Ali - Rocks

Ashley Madekwe - County Lines

Dominique Fishback - Judas e o Messias negro

Melhor ator coadjuvante

Daniel Kaluuya - Judas e o Messias Negro

Barry Keoghan - Calm with Horses

Alan Kim - Minari

Leslie Odom Jr. - Uma Noite em Miami

Clarke Peters - Destacamento Blood

Paul Raci - O Som do Silêncio

Melhor elenco

Judas e o Messias Negro

Calm with Horses

Minari

Bela Vingança

Rocks

Melhor documentário

Collective

David Attenborough e Nosso Planeta

The Dissident

Professor Polvo

O Dilema das Redes

Melhor animação

Soul

Os Irmãos Willoughby

Wolfwalkers

Melhor trilha sonora

Mank

Minari

Relatos do Mundo

Bela Vingança

Soul

Melhor fotografia

Mank

Relatos do Mundo

Nomadland

The Mauritanian

Judas e o Messias Negro

Melhor montagem

Meu Pai

Nomadland

Bela Vingança

O Som do Silêncio

Os 7 de Chicago

Melhor design de produção

A Escavação

Meu Pai

Mank

Rebecca - A Mulher Inesquecível

Relatos do Mundo

Melhor figurino

Ammonite

A Escavação

Emma

A Voz Suprema do Blues

Mank

Melhor cabelo e maquiagem

Era uma Vez um Sonho

A Voz Suprema do Blues

A Escavação

Pinóquio

Mank

Melhor som

Greyhound

Nomadland

Relatos do Mundo

O Som do Silêncio

Soul

Melhores efeitos especiais

Greyhound

Mulan

O Céu da Meia-Noite

O Grande Ivan

Tenet

Melhor curta britânico em animação

The Fire Next Time

The Owl and the Pussycat

The Song of a Lost Boy

Melhor curta britânico

Eyelash

Lucky Break

Lizard

Miss Curvy

The Present

Melhor estreia de um roteirista, diretor ou produtor britânico

His House

Moffie

Limbo

Rocks

Saint Maud



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

BAFTA presta tributo a Príncipe Philip e Nomadland é destaque na premiação


12/04/2021 | 11:11


Príncipe Philip, que morreu aos 99 anos de idade no dia 9 de abril, foi homenageado durante a cerimônia da Academia Britânica de Artes do Cinema e da Televisão, o BAFTA. A premiação, que aconteceu ao longa de duas noites com os indicados se reunindo por vídeo, devido à pandemia do novo coronavírus, relembrou as contribuições do marido da Rainha Elizabeth II.

Dermot O'Leary e Edith Bowman, anfitriões da noite, leram uma mensagem comovente que explicava que o príncipe teve um lugar muito especial na história do BAFTA depois de servir como o primeiro presidente de 1959 a 1965.

- Antes de começarmos esta noite, queremos dizer que, em nome do BAFTA, estamos extremamente tristes com o falecimento de sua alteza real, o príncipe Philip, duque de Edimburgo, na sexta-feira. O duque foi o primeiro presidente do BAFTA há mais de 60 anos e foi o primeiro patrono real, uma linha que vai até o atual presidente do BAFTA, seu neto, o duque de Cambridge. Foi o apoio do Príncipe Philip e de Sua Majestade, a Rainha ao longo desses anos, que de muitas maneiras permitiu que o BAFTA, uma instituição de caridade líder nas artes, continuasse em tempos difíceis e estivesse aqui hoje em 2021.O duque de Edimburgo ocupa um lugar muito especial na história do BAFTA e fará sua falta. Nossos pensamentos estão com a família real.

Príncipe William, que é o atual presidente do BAFTA, deveria fazer uma aparição na premiação, no entanto, por causa da morte do avô, não fez parte do evento neste ano.

Vencedores:

O longa-metragem sobre o drama da recessão nos Estados Unidos, Nomadland foi o grande vencedor da premiação no domingo, levando os prêmios de melhor filme, melhor direção (Chloé Zhao), melhor atriz (Frances McDormand) e melhor fotografia.

Outras quatro produções apareceram empatadas e levaram duas estatuetas cada.

Meu Pai venceu nas categorias de melhor roteiro adaptado e melhor ator para Anthony Hopkins. Bela Vingança ficou com o troféu de melhor filme britânico e melhor roteiro original. Soul, da Disney, ficou com o prêmio de melhor animação e melhor trilha original. E o filme O Som do Silêncio levou o troféu de melhor som e melhor edição.

Confira, abaixo, a lista completa dos vencedores do BAFTA 2021:

Melhor filme

Meu pai

The Mauritanian

Nomadland

Bela vingança

Os 7 de Chicago

Melhor filme britânico

Calm with horses

Meu pai

The dig

O que Ficou para Trás

Limbo

The mauritanian

Mogul Mowgli

Bela vingança

Rocks

Saint maud

Melhor filme de língua não inglesa

Druk - Mais uma Rodada - Thomas Vinterberg, Sisse Graum Jørgensen

Dear Comrades! - Andrei Konchalovsky, Alisher Usmanov

Les Misérables - Ladj Ly

Minari - Lee Isaac Chung, Christina Oh

Quo Vadis, Aida? - Jasmila ?bani?, Damir Ibrahimovich

Melhor animação

Dois irmãos

Soul

Wolfwalkers

Melhor diretor

Druk - Mais uma Rodada - Thomas Vinterberg

Babyteeth - Shannon Murphy

Minari - Lee Isaac Chung

Nomadland - Chloé Zhao

Quo Vadis, Aida? - Jasmila ?bani?

Rocks - Sarah Gavron

Melhor roteiro original

Druk - Mais uma Rodada - Tobias Lindholm, Thomas Vinterberg

Mank - Jack Fincher

Bela Vingança - Emerald Fennell

Rocks - Theresa Ikoko, Claire Wilson

Os 7 de Chicago - Aaron Sorkin

Melhor roteiro adaptado

The Dig - Moira Buffini

Meu pai - Christopher Hampton, Florian Zeller

The Mauritanian - Rory Haines, Sohrab Noshirvani, M.B. Traven

Nomadland - Chloé Zhao

O Tigre Branco - Ramin Bahrani

Melhor atriz

Vanessa Kirby - Pieces of a Woman

Frances McDormand - Nomadland

Bukky Bakray - Rocks"Radha Blank - "The Forty-Year-Old Version

Wuhmi Mosaku - "O que Ficou para Trás"

Alfre Woodard - "Clemency"

Melhor ator

Riz Ahmed - O Som do Silêncio

Chadwick Boseman - A Voz Suprema do Blues

Anthony Hopkins - Meu Pai

Tahar Rahim - The Mauritanian

Adarsh Gourav - O Tigre Branco

Mads Mikkelsen - Druk - Mais uma Rodada

Melhor atriz coadjuvante

Maria Bakalova - Borat: Fita de Cinema Seguinte

Youn Yuh-jung - Minari

Niamh Algar - Calm with Horses

Kosar Ali - Rocks

Ashley Madekwe - County Lines

Dominique Fishback - Judas e o Messias negro

Melhor ator coadjuvante

Daniel Kaluuya - Judas e o Messias Negro

Barry Keoghan - Calm with Horses

Alan Kim - Minari

Leslie Odom Jr. - Uma Noite em Miami

Clarke Peters - Destacamento Blood

Paul Raci - O Som do Silêncio

Melhor elenco

Judas e o Messias Negro

Calm with Horses

Minari

Bela Vingança

Rocks

Melhor documentário

Collective

David Attenborough e Nosso Planeta

The Dissident

Professor Polvo

O Dilema das Redes

Melhor animação

Soul

Os Irmãos Willoughby

Wolfwalkers

Melhor trilha sonora

Mank

Minari

Relatos do Mundo

Bela Vingança

Soul

Melhor fotografia

Mank

Relatos do Mundo

Nomadland

The Mauritanian

Judas e o Messias Negro

Melhor montagem

Meu Pai

Nomadland

Bela Vingança

O Som do Silêncio

Os 7 de Chicago

Melhor design de produção

A Escavação

Meu Pai

Mank

Rebecca - A Mulher Inesquecível

Relatos do Mundo

Melhor figurino

Ammonite

A Escavação

Emma

A Voz Suprema do Blues

Mank

Melhor cabelo e maquiagem

Era uma Vez um Sonho

A Voz Suprema do Blues

A Escavação

Pinóquio

Mank

Melhor som

Greyhound

Nomadland

Relatos do Mundo

O Som do Silêncio

Soul

Melhores efeitos especiais

Greyhound

Mulan

O Céu da Meia-Noite

O Grande Ivan

Tenet

Melhor curta britânico em animação

The Fire Next Time

The Owl and the Pussycat

The Song of a Lost Boy

Melhor curta britânico

Eyelash

Lucky Break

Lizard

Miss Curvy

The Present

Melhor estreia de um roteirista, diretor ou produtor britânico

His House

Moffie

Limbo

Rocks

Saint Maud

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;