Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mauá coloca em funcionamento programa Patrulha Maria da Penha

Divulgação/PMM Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeitura conta com equipe especializada da GCM para atender ocorrências de violência contra a mulher


Do Dgabc.com.br

10/04/2021 | 12:06


O programa Patrulha Maria da Penha está em funcionamento em Mauá para atender as mulheres vítimas de violência. A gestão está estruturando o projeto para que o atendimento seja completo, desde o recebimento da ocorrência até o acompanhamento da vítima.

“Trata-se de uma proposta que estava em nosso plano de governo. Colocar em ação a Patrulha Maria da Penha é fazer com que as mulheres se sintam mais protegidas e saibam que podem contar com o governo. O próximo passo é fazer com que estas mulheres sejam assistidas pelas equipes multidisciplinares que estamos estruturando”, explicou Celma Dias, vice-prefeita e secretária de Políticas Públicas para Mulheres.

O prefeito Marcelo Oliveira (PT) lembrou que a ação pretende coibir o aumento de casos de violência, que dispararam durante a pandemia. "Não podemos tolerar este tipo de situação, que leva ao feminicídio. É preciso combater este crime absurdo. Daremos as condições necessárias para que os agentes trabalhem e deem maior sensação de segurança às mulheres”, afirmou.

A Lei Maria da Penha foi sancionada pelo presidente Lula, em 2006. A lei, número 11.340, estabelece que todo caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime e deve ser apurado por inquérito policial e remetido ao Ministério Público.

Quem sofrer ou flagrar violência doméstica pode denunciar ligando para os números 153 ou 4543-0354. Não é preciso se identificar. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mauá coloca em funcionamento programa Patrulha Maria da Penha

Prefeitura conta com equipe especializada da GCM para atender ocorrências de violência contra a mulher

Do Dgabc.com.br

10/04/2021 | 12:06


O programa Patrulha Maria da Penha está em funcionamento em Mauá para atender as mulheres vítimas de violência. A gestão está estruturando o projeto para que o atendimento seja completo, desde o recebimento da ocorrência até o acompanhamento da vítima.

“Trata-se de uma proposta que estava em nosso plano de governo. Colocar em ação a Patrulha Maria da Penha é fazer com que as mulheres se sintam mais protegidas e saibam que podem contar com o governo. O próximo passo é fazer com que estas mulheres sejam assistidas pelas equipes multidisciplinares que estamos estruturando”, explicou Celma Dias, vice-prefeita e secretária de Políticas Públicas para Mulheres.

O prefeito Marcelo Oliveira (PT) lembrou que a ação pretende coibir o aumento de casos de violência, que dispararam durante a pandemia. "Não podemos tolerar este tipo de situação, que leva ao feminicídio. É preciso combater este crime absurdo. Daremos as condições necessárias para que os agentes trabalhem e deem maior sensação de segurança às mulheres”, afirmou.

A Lei Maria da Penha foi sancionada pelo presidente Lula, em 2006. A lei, número 11.340, estabelece que todo caso de violência doméstica e intrafamiliar é crime e deve ser apurado por inquérito policial e remetido ao Ministério Público.

Quem sofrer ou flagrar violência doméstica pode denunciar ligando para os números 153 ou 4543-0354. Não é preciso se identificar. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;