Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 21 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Crise da Covid e suas implicações na região


Fábio Martins

20/03/2021 | 00:01


A crise sanitária da Covid-19 tem impactado diretamente no poder público e amplificado a importância do SUS (Sistema Único de Saúde) no País. A pressão sobre as administrações – federal, estadual e municipal – recai para todos os lados. No Grande ABC, já há série de casos de mortes na fila de espera por leitos. Rio Grande da Serra viu, recentemente, baixa da então secretária de Saúde, Maria José Pereira Zago, a Zezé, que pediu demissão após sofrer mal-estar. A cidade é a única da região a não contar com hospital público para combate à doença. Ex-petista, o prefeito Claudinho da Geladeira (Podemos) enfrenta dificuldade para escolher quadro técnico capacitado para a pasta. Convidou o ex-vice-prefeito de Mauá – e também titular do setor em um dos governos do PT na esfera local – Paulo Eugenio Pereira Júnior (PT), mas o ex-correligionário declinou da proposta. “Fiquei surpreso e lisonjeado com o convite que recebi do prefeito, por indicação do meu amigo (Carlos César) Cafu, para assumir a secretaria. Por razões de ordem pessoal e ideológica, declinei do honrado convite.”

BASTIDORES

Proteção?
Por mais que os fatos comprovem a gravidade do momento atual da crise sanitária no País, há casos que mostram postura negacionista em relação à pandemia, a exemplo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Adeptos do discurso do presidente mantêm posicionamento que causam incômodo. Informações dão conta de reclamações na presidência da Câmara de Mauá em relação à conduta do vereador Sargento Simões (Podemos), que, em raras ocasiões, utiliza máscara facial de proteção contra a doença, burlando recomendações para frear o contágio.

Desmarcada
Comissão na Câmara de Mauá, composta pelo presidente Zé Carlos Nova Era (PL) e outros vereadores, instaurada para acompanhar enfrentamento à Covid-19 na cidade, se reuniu ontem para protocolar ofício no gabinete do prefeito Marcelo Oliveira (PT) cobrando debate da situação crítica na cidade, incluindo a disponibilidade de leitos, bem como projeto de lei para compra das vacinas e as razões da demora para encaminhar a matéria neste sentido. O tema principal da reunião era justamente movimento para aquisição de imunizantes. O encontro foi acertado para ocorrer no período da tarde com o petista. Cerca de meia hora antes da audiência, contudo, o prefeito desmarcou a reunião. Mesmo assim, os parlamentares foram ao Paço e entregaram o relatório. O clima era de animosidade com a situação.<EM>

Comissão
Publicação no Diário Oficial registrou a criação de comissão de assuntos relevantes no Legislativo de Santo André para acompanhar as ações do governo Paulo Serra (PSDB) no combate à Covid-19. A proposta inicial tem por finalidade garantir acesso à informação e transparência nas medidas adotadas pelo governo tucano para minimizar os impactos da pandemia. O grupo parlamentar será formado por cinco integrantes, com prazo a princípio de funcionamento de quatro meses, e será presidido pelo vereador Pedrinho Botaro (PSDB, autor da proposta).

Prolongamento
Diante do agravamento da pandemia, a Prefeitura de Santo André prorrogou o prazo de suspensão do atendimento presencial nos órgãos públicos municipais, com objetivo de prevenção e enfrentamento da pandemia decorrente do novo coronavírus. O prazo será estendido até, pelo menos, 30 de março, quando vigora o fase emergencial do Plano São Paulo, determinado pelo governo do Estado.

Veterinários
A vereadora Ana Veterinária (DEM), de Santo André, protocolou indicação à Prefeitura para inclusão de médicos-veterinários nas sete equipes do programa núcleo de apoio à saúde da família. Além da inserção do profissional, a democrata solicitou o aumento no número de equipes do popularmente chamado Programa Médico de Família. Ela apontou que a presença de veterinários no núcleo melhora, significativamente, a qualidade da atenção básica à família. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;