Fechar
Publicidade

Sábado, 12 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Demi Lovato: "Fim de noivado foi um 'grande sinal' sobre minha sexualidade"

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


12/03/2021 | 16:39


Demi Lovato revelou que está vivendo um processo de intenso autoconhecimento. Segundo a cantora, o breve relacionamento que ela teve com o ator Max Ehrlich teve grandes impactos na sua identidade e a fez reconsiderar a própria sexualidade.

O casal começou a namorar no início de 2020, anunciou o noivado em julho do mesmo ano e, em setembro, o casamento foi cancelado. Demi contou que o término foi um sinal para ela de "como realmente sou queer".

"Conforme fui ficando mais velha, fui percebendo o quão queer eu realmente sou. Neste último ano, eu estive noiva de um homem. Quando isso não funcionou, pensei: ''É um sinal''", disse ela em entrevista à Glamour norte-americana, nesta quinta-feira, 11.

"Eu achava que ia passar minha vida toda com ele, mas, agora que sabia que não ia, senti alívio por poder viver a minha verdade(...) Eu sei quem eu sou, e eu sei o que eu sou, mas estou esperando um tempo para dizer isso ao mundo todo", explicou.

"Estou usando este tempo para estudar sobre sexualidade, me educando sobre a minha própria jornada. Estou me preparando", completou. Além disso, Demi também compartilhou que percebeu que gosta mais de se relacionar com mulheres.

Relações com mulheres

"Eu fiquei com uma garota e pensei: ''Eu gosto muito mais disso''. Eu me senti melhor. Parecia certo. Às vezes, quando eu saía com os caras e chegávamos no momento da intimidade, eu tinha uma reação visceral", explicou.

Lovato disse que a conclusão que chegou sobre suas preferências não tinha a ver com os homens com quem se relacionou anteriormente. "Eu só percebi que eu gostava mais da amizade deles do que do romance. Percebi que não queria romance com ninguém do sexo oposto".

*Estagiária sob supervisão de Charlise Morais



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;