Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 4 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Após eliminação, diretor da Juventus não garante renovação de Cristiano Ronaldo

DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/03/2021 | 08:59


Eliminada mais uma vez de forma precoce na Liga dos Campeões da Europa e em crise financeira, a direção da Juventus terá que trabalhar com muita calma nos próximos meses para analisar a permanência do craque Cristiano Ronaldo. Muito criticado pelas fracas atuações nas duas partidas contra o Porto, o atacante português recebe cerca de 31 milhões de euros (R$ 214 milhões) por ano e isso é um enorme peso para um clube que teve prejuízo de R$ 760 milhões só na primeira metade da atual temporada.

Aos 36 anos, Cristiano Ronaldo tem contrato com a Juventus até o final da temporada 2021/2022. Questionado sobre a continuidade do atacante no clube, logo após a queda na Liga dos Campeões, o diretor de futebol Fabio Paratici desconversou. "Ainda há um ano de contrato. A renovação de Cristiano não é uma pauta imediata na nossa agenda. Ainda há tempo para conversar sobre isso", declarou em entrevista à TV italiana Sky Sport.

A Juventus caiu mais uma vez na primeira fase do mata-mata, como acontecera na temporada passada, ao ser batida pelo Lyon, da França. O melhor resultado da equipe de Turim na principal competição europeia, com Cristiano Ronaldo no elenco, foi em 2019, quando chegou nas quartas de final e acabou derrotada pelo Ajax, da Holanda.

Cinco vezes campeão europeu e artilheiro máximo da competição (134 gols em 175 jogos), o atacante português foi contratado com o objetivo de liderar o time italiano em uma conquista da Liga dos Campeões. No confronto com o Porto, Cristiano Ronaldo passou em branco e pela primeira vez em 15 anos não festejou um gol contra um rival na fase eliminatória.

O português terminou a atual edição com quatro gols marcados, mesma quantidade da temporada passada. Em 2018/2019 fez seis, em seu primeiro ano na Juventus. Em suas nove temporadas no Real Madrid, só não terminou com mais de 10 gols nas duas primeiras. A média foi de quase 12 por edição.

A Juventus está na final da Copa da Itália contra a Atalanta, em maio, e é a terceira colocada no Campeonato Italiano, no qual busca o histórico 10.º título de forma consecutiva, mas está 10 pontos atrás da líder Inter de Milão. A equipe de Turim volta a campo neste domingo contra o Cagliari, fora de casa, pela 27.ª rodada.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;