Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Após críticas da China, Casa Branca diz que EUA manterão compromissos com Taiwan



08/03/2021 | 15:08


A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta segunda-feira, 8, que o país "manterá os compromissos de longa data" com Taiwan e continuará a ajudar na capacidade de autodefesa do território. Recentemente, a China pediu que o governo de Joe Biden revertesse o que o país asiático chamou de "prática perigosa" de mostrar apoio à ilha, considerada por Pequim como uma província.

Ao ser questionada sobre as negociações com o Irã acerca do Acordo Nuclear, Psaki disse que não há atualizações sobre o assunto e que o processo diplomático está em andamento. Na semana passada, o ministro de Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, afirmou que o chamado Plano de Ação Abrangente Conjunto (JCPOA, na sigla em inglês) do país persa com outras nações não pode ser renegociado e "ponto final".

Sob o comando de Joe Biden, que assumiu a presidência em 20 de janeiro, os EUA sinalizaram que estão dispostos a negociar com o Irã. No final de fevereiro, o alto representante da União Europeia para Relações Exteriores, Josep Borrell, afirmou que contatos diplomáticos "intensos" estavam ocorrendo para garantir a implementação do JCPOA.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Após críticas da China, Casa Branca diz que EUA manterão compromissos com Taiwan


08/03/2021 | 15:08


A porta-voz da Casa Branca, Jen Psaki, afirmou nesta segunda-feira, 8, que o país "manterá os compromissos de longa data" com Taiwan e continuará a ajudar na capacidade de autodefesa do território. Recentemente, a China pediu que o governo de Joe Biden revertesse o que o país asiático chamou de "prática perigosa" de mostrar apoio à ilha, considerada por Pequim como uma província.

Ao ser questionada sobre as negociações com o Irã acerca do Acordo Nuclear, Psaki disse que não há atualizações sobre o assunto e que o processo diplomático está em andamento. Na semana passada, o ministro de Relações Exteriores do Irã, Javad Zarif, afirmou que o chamado Plano de Ação Abrangente Conjunto (JCPOA, na sigla em inglês) do país persa com outras nações não pode ser renegociado e "ponto final".

Sob o comando de Joe Biden, que assumiu a presidência em 20 de janeiro, os EUA sinalizaram que estão dispostos a negociar com o Irã. No final de fevereiro, o alto representante da União Europeia para Relações Exteriores, Josep Borrell, afirmou que contatos diplomáticos "intensos" estavam ocorrendo para garantir a implementação do JCPOA.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;